Simpósio sobre desafios do azeite e da PAC pós-2020 em Trás-os-Montes

Decorre a 20 de Outubro, em Murça, um seminário sobre “Os desafios do sector do azeite e da PAC pós-2020 em Trás-os-Montes”. Organizado pela Cooperativa Agrícola dos Olivicultores de Murça (CAOM) e pela Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal (Confagri), decorre durante todo o dia, com início às 10h00.

O programa para a manhã inclui sessões sobre “Boas práticas do olival”, “a PAC pós-2020 – Perspectiva para o sector olivícola”, “Enquadramento fiscal e contributivo da actividade agrícola”. De tarde, o programa contempla sessões sobre “Conhecer os azeites” e “Plano de Contingência para a Xylella fastidiosa”.

A propósito da realização deste simpósio, a organização sublinha que «a região ainda não consegue valorizar convenientemente os produtos de qualidade que coloca no mercado, razão pela qual a CAOM, em parceria com autarquias, cooperativas e empresas, decidiu fundar a Associação – CEPAD (Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Douro), com o objectivo de diferenciar a região demarcada do Douro na produção de Azeites de excelência e de reconhecer o seu azeite como produto de Denominação de Origem Protegida (DOP)». Também é referido que «cerca de 80 % do olival da região é tradicional, centenário, de sequeiro e em bordadura das vinhas», pelo que «a falta de condições para modernização, aliada aos constrangimentos climatéricos da falta de água, colocam obstáculos à expansão da sua actividade, o que compromete a fixação de pessoas no interior das povoações e a coesão territorial».

Neste contexto, Francisco Vilela Ribeiro, presidente da CAOM, considera que «este é o momento para, em colaboração com os nossos parceiros, definirmos estratégias para assegurar a sustentabilidade do sector e ultrapassar os desafios que o futuro nos apresenta». «Já não é novidade que produzimos cada vez mais azeite e de melhor qualidade, o que se pode constatar pelo aumento dos níveis de exportação e pelos prémios internacionais que temos conquistado. Ainda recentemente, fomos a única cooperativa nacional a conquistar três medalhas de ouro no segundo maior concurso internacional, Olivinus, na Argentina, com apenas três lotes que submetemos a concurso, onde um dos quais obteve uma classificação de 94 pontos», conclui.

Pode consultar aqui o programa do seminário “Os desafios do sector do azeite e da PAC pós-2020 em Trás-os-Montes”. A participação é livre, mediante inscrição.

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

1
Publicada resolução que estabelece os planos de gestão das regiões hidrográficas
3a
Carmo & Silvério em destaque no 17.º episódio d’“A palavra aos frescos”
MultispecCam_tractor
Conferência em Leiria a 10 de Abril sobre tecnologias e inovação no sector agroalimentar

Notícias relacionadas

1
Publicada resolução que estabelece os planos de gestão das regiões hidrográficas
Foi publicada hoje, 3 de Abril, em Diário da República a Resolução do Conselho...
3a
Carmo & Silvério em destaque no 17.º episódio d’“A palavra aos frescos”
Com sede em A-dos-Cunhados, Torres Vedras, a Carmo & Silvério é a organização...
MultispecCam_tractor
Conferência em Leiria a 10 de Abril sobre tecnologias e inovação no sector agroalimentar
“Tecnologia e inovação no sector agroalimentar” é o tema de uma conferência...
corn-65304_1280
Campanha do milho 2024 analisada por meia centena de agricultores
No passado dia 27 de Março, a Inês Silva – Agropecuária reuniu cerca de...