Mercadona vai investir 280 M€ em Portugal em 2023

Em 2022, a Mercadona registou uma facturação de 31.041 milhões de euros (M€) no total da sua actividade em Espanha e em Portugal, valor que representa um incremento de 11% nas vendas consolidadas em comparação com 2021. Deste montante, 30.304 M€ são relativos à facturação da empresa de retalho em Espanha, sendo os restantes 737 M€ referentes à facturação em Portugal – onde possui 39 lojas, 10 delas abertas em 2022.

No anúncio dos seus resultados, a marca de retalho, que detém um total de 1.676 supermercados, refere que «o impacto do aumento dos preços de custo reduz a margem da empresa em 0,6 pontos e coloca a rentabilidade num dos valores mais baixos da sua história: 0,025 euros de lucro por cada euro vendido, face aos 0,027 € de 2021». A Mercadona anunciou também que, no ano passado, obteve um lucro líquido de 718 M€, mais 5% do que em 2021, e que distribuiu 405 M€ pelos colaboradores – no âmbito da sua política de partilha de lucros com os colaboradores –, o que constitui um incremento em 8% relativamente a 2021.

A empresa afirma que, para «minimizar» o impacto da inflação nos preços de venda ao público, com o «esforço partilhado» de colaboradores e de fornecedores, «implementou inúmeras medidas para reduzir custos e multiplicar a eficiência, o que lhe permitiu melhorar a produtividade em 7% face a 2021». Também diz que «garantiu o poder de compra das 99.000 pessoas que integram a sua equipa, com um aumento salarial em conformidade com o Índice de Preços ao Consumidor [IPC] de Portugal e Espanha», nomeadamente 5,7% em Espanha e 9,6% em Portugal – tendo, no País, aumentado em 11% o salário de entrada na empresa.

No ano passado, a empresa pagou um montante de 2.263 M€ de impostos – 93 M€ em Portugal, através da empresa Irmãdona Supermercados, com sede em Vila Nova de Gaia –, um valor 12% acima do entregue em 2021. Em 2022, a Mercadona criou mais de 3.000 novos postos de trabalho com contrato efectivo – 1.000 dos quais em Portugal –, atingindo assim um total de 99.000 funcionários – 3.500 dos quais em Portugal.

No contexto deste anúncio de resultados, a empresa indicou que investiu 140 M€ na sua operação em Portugal em 2022 e que, «para continuar a impulsionar o seu plano de expansão em Portugal», tem previsto investir ao longo deste ano 280 M€, destinados principalmente à abertura de novos supermercados e à construção do futuro Bloco Logístico de Almeirim, no distrito de Santarém, o qual «será o segundo bloco logístico da Mercadona em Portugal e o maior de toda a cadeia». O investimento total planeado para 2023 em Portugal e Espanha ascende a 1.100 M€ em 2023, com a criação de 1.000 novos postos de trabalho no conjunto dos dois países.

[na fotografia: Juan Roig, presidente da Mercadona]

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
posts flf (77)
Situação Atual

Notícias relacionadas

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
Decorre na manhã do dia 21 de Dezembro, em Castro Verde, o evento “Inovagro...
posts flf (77)
Situação Atual
Desde que a Plastdiversity Lda, empresa ligada ao setor plástico decidiu apostar...
nuncio
Regantes apresentam soluções para a escassez de água no Algarve
As XIV Jornadas Fenareg – Encontro do Regadio 2023 decorreram em Alcantarilha,...