Lisbon Food Affair apresenta programa focado na inovação

A primeira edição da Lisbon Food Affair, que se realiza de 12 a 14 de Fevereiro, na FIL, em Lisboa, vai contar com a participação de mais de 160 empresas, que representam mais de 500 marcas. Segundo a Fundação AIP, entidade organizadora deste certame dedicado aos sectores de Alimentação e Bebidas, Horeca e Tecnologia Alimentar, 20% das empresas expositoras são de países estrangeiros – com origem em África do Sul, Brasil, Eslováquia, Espanha, França, Itália, Peru, Polónia e Suécia – e «55% das participações são de novas empresas que participam pela primeira vez em eventos do sector organizados pela FIL».

A organização sublinha que «a inovação é a aposta forte e um dos pilares estratégicos» do evento e que existirá um espaço dedicado – o “LFA Innovation” – para exposição dos «produtos mais inovadores lançados no mercado português entre 2022 e 2023, com o objectivo de os valorizar e dar o posicionamento que merecem». Este espaço contará com 30 empresas que candidataram mais de 60 novos produtos, refere a organização.

No espaço “LFA Hub”vão decorrer apresentações comerciais, demonstrações de showcooking e um conjunto de sessões temáticas. A organização destaca algumas intervenções:

• APED (Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição) – “Os desafios da cadeia de abastecimento em contexto inflacionista”

• AHRESP (Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal) – “Desafios 2023: Financiamentos e poupança energética no canal Horeca“

• AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal) | ANI (Agência Nacional de Inovação) | IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação | AHRESP – “Projectos, fundos e incentivos de apoio à internacionalização – O sector agroalimentar em foco”

• APN (Associação Portuguesa de Nutrição) – “Dieta Mediterrânica: ferramenta para a sustentabilidade alimentar – Indústria, distribuição e hotelaria”

• COTHN (Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional) – “Projectos aprovados no âmbito da promoção dos produtos agroalimentares, no âmbito do PRR”

• Moneris – “Tecnologias, práticas e certificação da maturidade digital”; “Experimentar antes de investir e como financiar a transformação digital”

• Innovagency – “O digital e o impacto no sector alimentar”; “A digitalização do sector agroalimentar – da indústria à distribuição”; “A importância da IA ao serviço do retalho alimentar e de unidades hoteleiras: Casos de sucesso”

• ISA (Instituto Superior de Agronomia) | LEAF (Linking Landscape, Environment, Agriculture And Food) – “Alimentos do futuro: Alternativas sustentáveis e nutritivas”

• Kantar – “Kantar Consumer Savoir-Faire: a visão 360º dos portugueses”

A organização indica que na LFA também vão participar entidades e start-ups com projectos específicos para os sectores de Alimentação e Bebidas, Horeca e Tecnologia Alimentar – como, por exemplo, o Instituto Politécnico de Beja, a Embracemotion e a Wineventures –, «onde se destaca a preocupação pelas novas tendências de consumo e a sustentabilidade». A Fundação AIP considera que a Lisbon Food Affair constitui o «marketplace do sector alimentar e bebidas, Horeca, máquinas, equipamentos e tecnologias» e que «apresenta a inovação nacional», «debate os desafios do agroalimentar» e «será a plataforma de lançamento para novos negócios e ideias inovadoras no sector agroalimentar, contribuindo assim para a sua dinamização e competitividade».

Bernardo Ivo Cruz, secretário de Estado da Internacionalização, que está representado no Conselho Estratégico do Lisbon Food Affair, afirma que «a Lisbon Food Affair será um instrumento importante para potenciar, ainda mais, a relevância deste sector e, assim, contribuir para o robustecimento da economia e competitividade do nosso país». A Lisbon Food Affair é um evento exclusivo para profissionais do sector e decorre entre as 10h00 e as 19h00.

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

posts flf (87)
Frutos Secos
CNCACSA1
Disponibilizadas gravações da conferência sobre alterações climáticas organizada pelo CNCACSA
AgroBiotech1
CAP e P-Bio divulgam relatório do estudo de aplicação de biotecnologia

Notícias relacionadas

posts flf (87)
Frutos Secos
Consulte aqui todos os artigos do Grande Plano de Dezembro dedicado aos Frutos...
CNCACSA1
Disponibilizadas gravações da conferência sobre alterações climáticas organizada pelo CNCACSA
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
AgroBiotech1
CAP e P-Bio divulgam relatório do estudo de aplicação de biotecnologia
No âmbito do colóquio «AgroBioTech: Uma estratégia para a agrobiotecnologia...
Milho
PDR 2020 com taxa de execução de 87%
O Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 (PDR 2020) atingiu uma “Taxa de...