Feira de São Pedro abre com a presença do secretário de Estado da Agricultura

A edição deste ano da centenária Feira de São Pedro, actualmente o maior certame agroindustrial da região Oeste e uma das maiores feiras generalistas do país, decorre até ao dia 9 de Julho, em Torres Vedras, e na cerimónia de inauguração contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, Gonçalo Rodrigues.

No seu discurso de abertura, o governante frisou a importância dos mercados de proximidade, bem como o peso económico do sector agrícola da região Oeste (nomeadamente das fileiras da viticultura, horticultura e fruticultura), uma situação que se reflecte na Feira de São Pedro. «Sem vocês [agricultores regionais] nada disto acontecia», afirmou, recordando o facto de o evento ser um espaço de consolidação de oportunidades e criação de sinergias. 

Antes do secretário de Estado da Agricultura discursar, usara da palavra a presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Laura Rodrigues, que, depois de elogiar a qualidade do tecido empresarial do concelho de Torres Vedras, abordou a realidade agrícola deste território, tendo, a esse propósito, realçado a quantidade e qualidade da produção vitivinícola do mesmo e o trabalho que está a ser realizado pela Smart Farm Colab ao nível da evolução tecnológica e digitalização na agricultura.

Aproveitando a presença do secretário de Estado da Agricultura, Laura Rodrigues frisou a necessidade de se assegurar financiamento que permita avançar com os projectos de regadio nos vales do Sizandro e do Alcabrichel, bem como apoios que permitam proporcionar condições de alojamento e habitabilidade condignas aos trabalhadores agrícolas migrantes existentes no concelho de Torres Vedras. Nessa sequência, sublinhou a importância do direito constitucional à Habitação, sendo que a Habitação é, de resto, o tema central da exposição que a Câmara Municipal de Torres Vedras apresenta este ano na Feira de São Pedro.

Já Rui Penetra, presidente da empresa municipal Promotorres, afirmou: «Uma feira com esta longevidade [730 anos] só é possível porque somos um território com gente de fibra, resiliente e empreendedora. Se é importante ter uma economia forte, pujante… é ainda mais importante que todos tenhamos preocupações sociais e ambientais».

A edição deste ano da Feira de São Pedro decorre na Expotorres e conta com 156 expositores de produtos e serviços, uma área para 105 feirantes tradicionais, 22 locais de venda de artesanato, 25 espaços de divertimento, áreas de restauração (com cinco restaurantes e oito tasquinhas) e uma zona de animação (com cinco bares). De referir que na zona dos expositores ou nas imediações da mesma encontra-se, mais uma vez, o espaço “Vinhos nas Linhas” (no qual se pode degustar vinhos da região de Lisboa), o espaço “Quinta de São Pedro” (em que são apresentados animais de criadores do concelho de Torres Vedras) e um auditório que acolhe acções relacionadas com a área económica e a da sustentabilidade. Referência também para a animação que é proporcionada na zona dos bares, cujo palco acolhe actuações, principalmente de bandas musicais, cantores e DJ.

A nossa revista também está representada no espaço da AIHO. Visite-nos!

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Notícias Recentes

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
posts flf (77)
Situação Atual

Notícias relacionadas

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
Decorre na manhã do dia 21 de Dezembro, em Castro Verde, o evento “Inovagro...
posts flf (77)
Situação Atual
Desde que a Plastdiversity Lda, empresa ligada ao setor plástico decidiu apostar...
nuncio
Regantes apresentam soluções para a escassez de água no Algarve
As XIV Jornadas Fenareg – Encontro do Regadio 2023 decorreram em Alcantarilha,...