Syngenta lança em Portugal os novos insecticidas Afinto e Voliam

Num webinar realizado a 16 de Fevereiro, a Syngenta apresentou ao mercado português dois novos insecticidas: Afinto e Voliam. Destinado ao controlo de afídeos em culturas fruteiras, hortícolas e ornamentais, Afinto é uma solução insecticida à base da nova substância activa Flonicamida, tendo uma persistência de acção de «até 21 dias, conferindo protecção sistémica das folhas jovens não tratadas e das folhas enroladas, onde os afídeos frequentemente se escondem», explica a empresa.

«Os afídeos sugam a seiva das folhas tratadas com Afinto e ao fim de uma a duas horas param de se alimentar, cessando a produção de melada e, com isso, terminam os estragos provocados na cultura», referiu Gilberto Lopes, field expert da Syngenta, assinalando que esta solução proporciona uma protecção eficaz e de rápida acção contra 40 espécies de afídeos, actuando ao nível do sistema nervoso dos insectos. Segundo a Syngenta, o Afinto «apresenta um modo de acção único, é eficaz a baixa dose e respeita a fauna auxiliar», destacando como duas das características mais relevantes deste produto «a sua eficácia a muito baixa dose e a selectividade para a maioria dos artrópodes auxiliares, podendo ser aplicado em culturas onde são realizadas largadas de insectos predadores ou parasitóides auxiliares».

A Syngenta afirma que o Afinto «é um insecticida seguro para os aplicadores, o meio ambiente e os consumidores» e recomenda a sua aplicação de forma preventiva e em pré-floração das culturas para evitar a persistência de resíduos na fase final do ciclo. De acordo com Gilberto Lopes, «quando começam a surgir os primeiros afídeos na cultura, devemos realizar o tratamento para ter um reservatório de substância activa na cultura antes da instalação da população da praga».

O Voliam é um produto novo, à base de Clorantraniliprol, destinado ao controlo de insectos lepidópteros e coleópteros, que está autorizado para aplicação em várias culturas, nomeadamente, pomóideas, prunóideas, vinha, frutos secos, milho e batata. A Syngenta indica que «o Clorantraniliprol tem acção translaminar nas folhas, com um efeito ovo-larvicida e larvicida, actuando nos insectos por contacto/ingestão», sendo que «as pragas deixam de se alimentar (cessam os estragos), reduzindo os seus movimentos em poucas horas após a aplicação de Voliam, morrendo após dois a três dias».

A empresa sublinha que este produto «é eficaz a baixa dose, mesmo com temperaturas baixas», «é resistente à lavagem pela chuva ou rega» e «controla de forma eficaz pragas como o bichado, a traça-dos-cachos, a anársia e as lagartas mineiras». O posicionamento do produto é recomendado pela Syngenta «ao pico do voo dos insectos, para um melhor controlo das pragas, tirando partido do efeito ovo-larvicida e larvicida».

No webinar, em que participaram várias dezenas de técnicos da produção e da distribuição, também se falou do sistema Héliosec, visando «uma gestão adequada dos efluentes fitofarmacêuticos, resultantes da lavagem dos equipamentos de aplicação». Felisbela Torres de Campos, Head of Regulatory & Business Sustainability da Syngenta em Portugal, disse que esta solução «elimina definitivamente os efluentes fitofarmacêuticos através de um processo de desidratação natural, por acção do sol e do vento, é fácil de instalar e permite aos agricultores proteger o ambiente».

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

2
CAP realça contradições na informação sobre reforma das CCDR
capa para facebook floral fofa lilás (44)
Eficácia nos Herbicidas Taisen®800 EC e Batuta® no controlo do Lolium Regidum (erva-febra) e infestantes dicotiledóneas, na cultura do trigo mole
Oeste
Comissão dos Fundos Agrícolas realizou primeira reunião

Notícias relacionadas

2
CAP realça contradições na informação sobre reforma das CCDR
A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) afirma que a ministra da Agricultura...
capa para facebook floral fofa lilás (44)
Eficácia nos Herbicidas Taisen®800 EC e Batuta® no controlo do Lolium Regidum (erva-febra) e infestantes dicotiledóneas, na cultura do trigo mole
No ano agrícola de 2021/2022, foi levado a cabo um ensaio de campo, na Herdade...
Oeste
Comissão dos Fundos Agrícolas realizou primeira reunião
Realizou-se ontem, 16 de Fevereiro, no Ministério da Agricultura e Alimentação,...
Paulo Machado_Syngenta
Syngenta realiza jornada técnica em Beja sobre fitossanidade do olival
A Syngenta realizou a 13 de Fevereiro, em Beja, uma jornada técnica sobre os...