Projecto B-Rural quer promover ligação entre mundo rural e urbano e comunicação do sector rural

Já está em curso o novo projecto B-Rural, que é coordenado pela empresa de consultoria portuguesa Consulai e que «visa promover e potenciar o sector agrícola, ao combater o gap existente entre o mundo urbano e rural e desmistificar tendências de desinformação». Esta iniciativa foi lançada na Agroglobal – certame que decorreu em Santarém de 5 a 7 de Setembro –, com o objectivo de «reforçar o compromisso e a necessidade de comunicar mais e melhor o sector agrícola», sendo que, para Rui Almeida, director operacional da Consulai, «ao envolvermos todos, acreditamos que tem o potencial certo para ser uma iniciativa vencedora».

Cofinanciado pela Comissão Europeia, este projecto pretende «comunicar o sector agrícola a uma só voz» e «entender os desafios enfrentados pelas comunidades rurais, bem como promover uma compreensão mais profunda das suas contribuições para a sociedade em geral», estando organizado em cinco eixos de actuação. Um dos eixos reside na «auscultação de stakeholders externos e sectoriais ao envolver agricultores, através de workshops sectoriais e na aposta de criação de conteúdos que desmistifiquem as tendências de desinformação associadas ao sector», explica a Consulai em comunicado.

Outra vertente consiste em «dar voz ao sector, com a criação de várias ferramentas», o que inclui «desde uma Enciclopédia de Avaliação de Impacto da PAC (Política Agrícola Comum), para interpretar e abordar o impacto das directrizes do PEPAC (Plano Estratégico da Política Agrícola Comum 2023–2027) entre os agricultores, bem como a criação de um Observatório de Impacto da PAC, garantindo assim uma monitorização constante e actualizada do desenvolvimento das directrizes no cenário nacional». Segundo a Consulai, «pretende-se desta forma consolidar o B-Rural enquanto plataforma de referência na divulgação da Política Agrícola Comum, com uma comunicação simplificada e de fácil compreensão», sendo que «o projecto apresenta ferramentas de partilha e simplificação de informação e conhecimento, com dados relevantes e mensagens-chave, com o objectivo de apoiar o sector a comunicar».

Um terceiro eixo é «promover o mundo rural com a aposta em campanhas de comunicação, quer em outdoors como nas redes sociais». Outro eixo incide em «aproximar a comunidade universitária ao mundo rural, através de conferências de norte a sul do país, com diversas dinâmicas e protocolos nacionais que visam estreitar a percepção do gap entre o mundo rural e o mundo urbano».

O quinto eixo passa por «informar e envolver a sociedade, através da colaboração com jornalistas e líderes de opinião». Neste âmbito, «o projecto pretende aumentar a consciencialização sobre as questões rurais e envolver a sociedade, enquanto agentes de partilha, na promoção deste desenvolvimento», ao que acresce que «reforçar o papel do agricultor enquanto uma fonte de informação fidedigna é também essencial».

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Notícias Recentes

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
posts flf (77)
Situação Atual

Notícias relacionadas

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
Decorre na manhã do dia 21 de Dezembro, em Castro Verde, o evento “Inovagro...
posts flf (77)
Situação Atual
Desde que a Plastdiversity Lda, empresa ligada ao setor plástico decidiu apostar...
nuncio
Regantes apresentam soluções para a escassez de água no Algarve
As XIV Jornadas Fenareg – Encontro do Regadio 2023 decorreram em Alcantarilha,...