Opinião: A valorização do desperdício nos novos sistemas alimentares

O Pacto Ecológico e as estratégias subjacentes estão a acelerar a forma como os sistemas alimentares são vistos e trabalhados por todos os atores da cadeia agroalimentar. De uma abordagem linear – produção-indústria-retalho-consumo –, a Comissão Europeia vem colocar a saúde e o bem-estar no centro dos sistemas alimentares, colocando também a Direção Geral de Saúde a liderar a Estratégia do Prado ao Prato, algo disruptivo para o que naturalmente poderíamos assumir de antemão.
Nesta nova abordagem de sistemas alimentares sustentáveis, os vários subsistemas definidos pela Comissão Europeia têm de interagir entre si, criando dependências positivas.

Ondina Afonso, presidente do Clube de Produtores Continente (CPC)

Pode consultar aqui o artigo completo.

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Notícias Recentes

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
posts flf (77)
Situação Atual

Notícias relacionadas

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
Decorre na manhã do dia 21 de Dezembro, em Castro Verde, o evento “Inovagro...
posts flf (77)
Situação Atual
Desde que a Plastdiversity Lda, empresa ligada ao setor plástico decidiu apostar...
nuncio
Regantes apresentam soluções para a escassez de água no Algarve
As XIV Jornadas Fenareg – Encontro do Regadio 2023 decorreram em Alcantarilha,...