Continente adquiriu 519 M€ de produtos nacionais certificados em 2022

Em 2022, o Clube de Produtores Continente comprou 519 milhões de euros (M€) de produtos nacionais certificados, – mais 22,6% face ao ano anterior –, o que equivale a cerca de 240.000 toneladas de bens vendidos nas lojas da marca de retalho. No ano passado, o número de produtores associados a esta entidade aumentou de 256 para 267.

Segundo o Continente, estes 267 produtores estão espalhados por todo o país, representam sectores como talho, frutas e legumes, charcutaria e queijos, padaria e pastelaria, peixaria, take away, azeite, arroz, leguminosas, mel e compotas, pasta e patés, farinhas, congelados, ovos, produtos lácteos e vinhos e empregam cerca de 11.000 pessoas, directas e indirectas, através de 200.000 hectares de área produtiva. Estes dados foram divulgados a propósito do Dia da Produção Nacional, que se celebra a 26 de Abril, com a entidade a realçar que o Clube de Produtores Continente «trabalha em parceria com os produtores nacionais há 25 anos» e que o seu objectivo é «disponibilizar produtos nacionais de excelência aos clientes, resultantes de um trabalho de parceria com os fornecedores, suportado em conhecimento técnico-científico e que permite alinhar a oferta às tendências de consumo».

O Continente indica que, «até ao momento, há 13 produtores certificados e 25 em processo de Certificação Resíduo Zero, que garante que a oferta de frutas e legumes nacionais é livre de resíduos de pesticidas no momento da colheita (segundo o Regulamento Europeu 396/2005 e inferior ao limite quantificável de 0,01 ppm)». A entidade acrescenta que «esta certificação salvaguarda também princípios de uso eficiente de recursos, menor consumo energético, menores emissões e maior controlo sobre aspectos microbiológicos, questão-chave no que respeita à segurança alimentar e integração com o meio ambiente, garantido a sustentabilidade de todo o sistema agrícola».

O Continente afirma que «desenvolve outros programas para os produtores de frutas e legumes, nomeadamente o Programa de Agroecologia – que apoia os processos de gestão, ordenamento ecológico e adopção de boas práticas assente no uso eficiente de recursos, conservação do solo, ecossistemas e biodiversidade – e o Programa Zerya Regenerativa – que permite aos produtores verificarem e tomarem decisões, por forma a garantir melhores condições do solo, salvaguardar a nutrição das plantas e gerir a água disponível». A MC, que integra o Continente, é também membro do GlobalGAP, o «programa de certificação agrícola mais utilizado em todo o mundo, que transforma os requisitos do consumidor em exigências de boas práticas», refere o comunicado.

Em 2021, o Clube de Produtores Continente estabeleceu uma “Declaração para a sustentabilidade” para os seus membros, «baseada em 11 princípios e diversas iniciativas – como o projecto de protecção da águia-caçadeira, espécie ameaçada –, para promover a produção e consumo sustentáveis e um sistema alimentar que respeita o ambiente», assinala o Continente. O projecto de protecção da águia-caçadeira, a que o Clube se associou, «pretende valorizar o contributo das searas de trigo nacionais para a promoção de biodiversidade de aves», tendo permitido que «cerca de 4.500 toneladas de trigo usadas pelas padarias das lojas Continente já sejam oriundas de searas da região do Alentejo, que são monitorizadas de forma a garantir a preservação da águia-caçadeira».

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
posts flf (77)
Situação Atual

Notícias relacionadas

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
Decorre na manhã do dia 21 de Dezembro, em Castro Verde, o evento “Inovagro...
posts flf (77)
Situação Atual
Desde que a Plastdiversity Lda, empresa ligada ao setor plástico decidiu apostar...
nuncio
Regantes apresentam soluções para a escassez de água no Algarve
As XIV Jornadas Fenareg – Encontro do Regadio 2023 decorreram em Alcantarilha,...