BioMonitor4CAP: Arranca projecto internacional focado na monitorização avançada da biodiversidade

O projecto “BioMonitor4CAP – Monitorização avançada da biodiversidade para políticas agrícolas e transformação efectivas e baseadas em resultados” arrancou no corrente mês de Dezembro, decorre até ao fim de Novembro de 2026 e visa «desenvolver a monitorização avançada da biodiversidade para demonstrar as práticas e políticas agrícolas que funcionam melhor na conservação da biodiversidade agrícola». É financiado pelo programa Horizonte Europa e agrega 23 parceiros de 10 países europeus – incluindo Portugal, representado pelo laboratório colaborativo Food4Sustainability – e do Peru.

Câmara para monitorização de insectos

Segundo o Food4Sustainability, este projecto «irá testar, validar e desenvolver sistemas de monitorização da biodiversidade, acessíveis e seguros, que funcionem tanto em terrenos agrícolas quanto em locais Natura 2000». A entidade indica que «estes sistemas irão combinar sistemas clássicos de indicadores de biodiversidade com abordagens mais tecnológicas, como abordagens acústicas, ópticas ou moleculares», e que a iniciativa «irá desenvolver também modelos de previsão para recomendar mudanças na gestão agrícola, de forma a melhorar a biodiversidade».

Neste contexto, o “BioMonitor4CAP” «envolve vários grupos de stakeholders, para garantir a implementação e o sucesso destes novos sistemas de monitorização de biodiversidade». No âmbito desta iniciativa, o Food4Sustainability «irá contribuir para o desenvolvimento de sistemas de gestão da biodiversidade e irá implementar ensaios experimentais e de demonstração para apoiar a transformação agrícola na União Europeia», explica um comunicado.

Monitorização de insectos com câmaras

«A agricultura utiliza cerca de metade da superfície terrestre na Europa e o uso intensivo do solo agrícola é um dos principais factores que afectam a diversidade de habitats e espécies nas paisagens agrícolas. As estratégias de Biodiversidade e do Prado ao Prato da União Europeia para 2030 têm como objectivo parar a perda de biodiversidade, garantindo o bem-estar humano. No entanto, não está claro se e como essas estratégias serão implementadas com eficiência, pois actualmente não há monitorização do progresso com base em evidência científica. Deste modo, estratégias mais eficientes e representativas são necessárias para monitorizar a biodiversidade e a sua perda ou recuperação no espaço e no tempo», detalham os promotores desta iniciativa. «Os sistemas de monitorização da biodiversidade são necessários para implementar políticas com base em evidência científica nas paisagens agrícolas europeias», realçam Nils Borchard, da DLG (Deutsche Landwirtschafts-Gesellschaft – Sociedade Agrícola Alemã), e Christoph Scherber, do LIB (Leibniz-Institut zur Analyse des Biodiversitätswandels – Instituto Leibniz para a Análise da Mudança da Biodiversidade) – duas das entidades que participam no projecto, sendo a DLG a líder do “BioMonitor4CAP”.

Reunião de arranque do projecto BioMonitor4CAP
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

2
CAP realça contradições na informação sobre reforma das CCDR
capa para facebook floral fofa lilás (44)
Eficácia nos Herbicidas Taisen®800 EC e Batuta® no controlo do Lolium Regidum (erva-febra) e infestantes dicotiledóneas, na cultura do trigo mole
Oeste
Comissão dos Fundos Agrícolas realizou primeira reunião

Notícias relacionadas

2
CAP realça contradições na informação sobre reforma das CCDR
A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) afirma que a ministra da Agricultura...
capa para facebook floral fofa lilás (44)
Eficácia nos Herbicidas Taisen®800 EC e Batuta® no controlo do Lolium Regidum (erva-febra) e infestantes dicotiledóneas, na cultura do trigo mole
No ano agrícola de 2021/2022, foi levado a cabo um ensaio de campo, na Herdade...
Oeste
Comissão dos Fundos Agrícolas realizou primeira reunião
Realizou-se ontem, 16 de Fevereiro, no Ministério da Agricultura e Alimentação,...
Paulo Machado_Syngenta
Syngenta realiza jornada técnica em Beja sobre fitossanidade do olival
A Syngenta realizou a 13 de Fevereiro, em Beja, uma jornada técnica sobre os...