“A produção está valorizada”

Apesar do aumento dos custos, da seca, das previsões de queda nas áreas e na produtividade e das dificuldades na colheita devido à situação de contingência, os cereais praganosos – trigo, cevada, centeio, aveia, triticale – apresentam perspectivas de valorização. Em entrevista, José Palha, presidente da Direcção da Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais (ANPOC), aborda estes e outros temas.

Consulte aqui a entrevista completa!

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

2
CAP realça contradições na informação sobre reforma das CCDR
capa para facebook floral fofa lilás (44)
Eficácia nos Herbicidas Taisen®800 EC e Batuta® no controlo do Lolium Regidum (erva-febra) e infestantes dicotiledóneas, na cultura do trigo mole
Oeste
Comissão dos Fundos Agrícolas realizou primeira reunião

Notícias relacionadas

2
CAP realça contradições na informação sobre reforma das CCDR
A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) afirma que a ministra da Agricultura...
capa para facebook floral fofa lilás (44)
Eficácia nos Herbicidas Taisen®800 EC e Batuta® no controlo do Lolium Regidum (erva-febra) e infestantes dicotiledóneas, na cultura do trigo mole
No ano agrícola de 2021/2022, foi levado a cabo um ensaio de campo, na Herdade...
Oeste
Comissão dos Fundos Agrícolas realizou primeira reunião
Realizou-se ontem, 16 de Fevereiro, no Ministério da Agricultura e Alimentação,...
Paulo Machado_Syngenta
Syngenta realiza jornada técnica em Beja sobre fitossanidade do olival
A Syngenta realizou a 13 de Fevereiro, em Beja, uma jornada técnica sobre os...