Políticos convergem na 51.ª Feira Nacional de Agricultura

No dia 7 de Junho, a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, inaugurou a 51.ª Feira Nacional de Agricultura (FNA), que decorre até 15 de Junho nas instalações do Cnema (Centro Nacional de Exposições), em Santarém. Na ocasião, a ministra salientou que «o sector está activo, em crescimento e a rejuvenescer-se» e que «é imprescindível dar força à produção nacional; continuar a inovar e contribuir para produtos nacionais inovadores e diferenciados que possam ajudar no aumento das exportações». A cerimónia de abertura do certame contou ainda com a presença da ministra da Agricultura de Espanha, Isabel Garcia Tejerina, do secretário de Estado das Florestas, Francisco Gomes da Silva, do secretário de Estado do Meio Ambiente de Espanha, Federico Ramos, acompanhados por autarcas da região.

Hoje, 9 de Junho, Assunção Cristas, ministra da Agricultura, voltou à Feira Nacional de Agricultura (FNA), onde acompanhou Pedro Passos Coelho, primeiro-ministro, numa visita ao certame. Paulo Portas, vice-primeiro-ministro, participou também hoje, 9 de Junho, no colóquio “Política Agrícola Comum 2014-2020 decisões nacionais”, onde destacou o «esforço titânico» feito nos últimos dois anos pelos «agricultores e as suas associações, em coordenação com a tutela». O governante referiu ainda que «a taxa de execução do Proder [Programa de Desenvolvimento Rural] está neste momento em 83%, 4,5% acima da média da taxa de execução dos países da União Europeia».

Ontem, dia 8, foi a vez do secretário-geral do PS, António José Seguro, visitar a FNA, tendo-se associado à campanha “Portugal Sou Eu” e apelado ao consumo de produtos fabricados no país como forma de «ajudar a economia nacional». O líder socialista considerou «muito importante aumentar a produção nacional», sobretudo na área da agricultura, na qual o país tem «uma dependência muito grande em relação ao exterior».

A 8 de Junho teve também lugar a entrega dos prémios aos vencedores dos diversos Concursos Nacionais realizados no âmbito da FNA: Mel, Azeite, Queijos tradicionais, Enchidos, Conservas de pescado, Pão, Licores conventuais e tradicionais portugueses, Doces conventuais e populares, Carnes tradicionais, Doces de fruta, Bolo-Rei, Sal, Ervas aromáticas, Vinagres, Frutos secos e Chocolates tradicionais.

A 51ª edição da Feira Nacional de Agricultura (FNA), que teve início a 7 de Junho e que decorre até 15 de Junho nas instalações do Cnema, realiza-se sob o mote da promoção da produção agrícola nacional. A organização fala na maior edição de sempre, que deverá bater todos os recordes em termos de expositores, com os espaços totalmente esgotados e, por causa disso, com soluções alternativas, como colocar alguns expositores em tendas exteriores com ar condicionado. Luís Mira, secretário-geral da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) e administrador do CNEMA, salienta que «a agricultura está a atravessar um bom momento», tal como João Machado, presidente da CAP, que afirma que este é «um sector que está em franco crescimento». Nesta edição são esperados perto de 200.000 visitantes.

Em paralelo com a Feira Nacional de Agricultura, decorrem a 61.ª Feira do Ribatejo, a 25.ª edição da Fersant, a 2.ª Lusoflora de Verão, o Salão Prazer de Provar, o Salão Nacional do Azeite, o Salão Nacional da Alimentação e o Festival Nacional do Vinho. O programa Portugal Sou Eu, que promove a aquisição e o consumo de produtos de origem portuguesa, volta a ter um destaque especial na Feira Nacional de Agricultura. O programa contempla diversos seminários e encontros, bem como demonstrações de produtos, gastronomia e animação. Segundo a organização, o orçamento deste ano é de aproximadamente 900.000 euros, idêntico ao do ano passado.

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

FLF 250_Publirreportagem_Fitosistema
Soluções Fitosistema para as principais pragas da vinha e das fruteiras
2a
Entrega dos prémios Alqueva Sustentável 2023 a 2 de Maio na Ovibeja
FLF 239_fileira_morango
Agrogarante apresenta análise sectorial sobre morango

Notícias relacionadas

FLF 250_Publirreportagem_Fitosistema
Soluções Fitosistema para as principais pragas da vinha e das fruteiras
A FITOSISTEMA é, desde 2019, parceira da empresa italiana BIOGARD, a referência...
2a
Entrega dos prémios Alqueva Sustentável 2023 a 2 de Maio na Ovibeja
No dia 2 de Maio, tem lugar em Beja a entrega dos prémios Alqueva Sustentável...
FLF 239_fileira_morango
Agrogarante apresenta análise sectorial sobre morango
O sub-sector do morango constitui o tema do mais recente documento de análise...
plásticos
Lourinhã recebe acção de formação sobre economia circular e plásticos agrícolas
Nos dias 9, 10 e 11 de Abril, o auditório da Câmara Municipal da Lourinhã acolhe...