XII edição do projecto Heróis da Fruta arrancou em 1.430 escolas

Hoje, 3 de Janeiro, arranca oficialmente em 216 dos 308 municípios de Portugal – o que corresponde a uma abrangência de 70,1% – a décima segunda edição do projecto “Heróis da Fruta”, promovido pela Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI). A nova edição desta iniciativa de «educação para a saúde», que visa combater a má nutrição nas escolas e aumentar o consumo diário de frutas e legumes nestas, vai envolver 3.649 turmas de 1.430 estabelecimentos de ensino de todos os distritos e regiões do país, incluindo Açores e Madeira.

A APCOI, que lançou este projecto em 2011, indica que, nesta 12.ª edição, Lisboa é o distrito onde se regista o maior número de escolas inscritas (287), seguindo-se Porto (217), Setúbal (132), Braga (108), Faro (93), Leiria (80), Santarém (74), Aveiro (72), Coimbra (62), Viseu (47), Viana do Castelo (42), Beja (36), Évora (36), Açores (28), Castelo Branco (24), Portalegre (22) e Madeira (22), Vila Real (20), Guarda (15) e Bragança (13). Nestas escolas, «os alunos das turmas inscritas vão ser incentivados a melhorar os seus hábitos alimentares através do método “Heróis da Fruta”, que disponibiliza gratuitamente às escolas materiais educativos protagonizados por um grupo de personagens-modelo que ganham «superpoderes» quando ingerem «superalimentos», combinando as técnicas de educação não-formal: storytelling e gamification», explica a entidade.

A APCOI refere que, «na última década mais de meio milhão de alunos já melhoraram os seus hábitos alimentares diários com a participação no projecto Heróis da Fruta, com resultados cientificamente comprovados por investigadores do Instituto de Saúde Ambiental (ISAMB) da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL)». Nesse âmbito, concluiu-se que «40% das crianças que participam pela primeira vez atingem em apenas cinco semanas o consumo das porções diárias de frutas e legumes recomendadas pela Organização Mundial da Saúde», que, «após 10 semanas, essa percentagem aumenta para 60%», e que «escolas que repetem o programa no ano lectivo seguinte alcançam mais de 90% da turma em apenas duas semanas, incluindo alunos que não tinham adoptado essa rotina de alimentação saudável no primeiro ano».

As inscrições para esta edição do desafio escolar – que podem ser efectuadas em www.heroisdafruta.com – foram prolongadas até 15 de Janeiro de 2023, «para que nenhuma escola interessada fique de fora desta edição», assinala o presidente da APCOI. Segundo Mário Silva, «no ano lectivo anterior, além do aumento de consumo de hortofrutícolas, este projecto conseguiu diminuir a ingestão de alimentos menos saudáveis nos lanches escolares em 52%», e «96% dos professores participantes em edições anteriores consideram que seria muito benéfico para a saúde das crianças se o projecto Heróis da Fruta fosse implementado em todas as escolas portuguesas».

A 12.ª edição do projecto Heróis da Fruta conta com o apoio solidário de Supermercados Aldi, Lusíadas Dental e Maçã de Alcobaça.

(Fotografias: APCOI)

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

posts flf (87)
Frutos Secos
CNCACSA1
Disponibilizadas gravações da conferência sobre alterações climáticas organizada pelo CNCACSA
AgroBiotech1
CAP e P-Bio divulgam relatório do estudo de aplicação de biotecnologia

Notícias relacionadas

posts flf (87)
Frutos Secos
Consulte aqui todos os artigos do Grande Plano de Dezembro dedicado aos Frutos...
CNCACSA1
Disponibilizadas gravações da conferência sobre alterações climáticas organizada pelo CNCACSA
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
AgroBiotech1
CAP e P-Bio divulgam relatório do estudo de aplicação de biotecnologia
No âmbito do colóquio «AgroBioTech: Uma estratégia para a agrobiotecnologia...
Milho
PDR 2020 com taxa de execução de 87%
O Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 (PDR 2020) atingiu uma “Taxa de...