Um dia para promover e valorizar a gastronomia nacional

A 29 de Maio assinala-se o primeiro Dia Nacional da Gastronomia (DNG). Nesta edição, Aveiro será a cidade onde decorrem a maioria das acções que visam a promoção e valorização da cultura gastronómica nacional. No entanto, todo o País é chamado a celebrar os produtos nacionais e as suas múltiplas formas de confecção.

A estação de comboios de Santa Apolónia, em Lisboa, foi o local escolhido, a 19 de Abril, para apresentação do programa desta efeméride, aprovada em Assembleia da República em Junho de 2015.  Olga Cavaleiro, presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, alerta para a importância «económica» da gastronomia que é um atractivo turístico, mas também é potenciador dos produtos da agricultura e pescas.

cartaz gastronomia

Aveiro integra a Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal. Pedro Machado, presidente desta instituição afiança que o DNG visa «valorizar os produtos regionais e as confrarias». O mesmo responsável diz ainda que este dia «é um hino a um elemento importante da cultura nacional» e destaca o carácter identitário que gastronomia tem nos territórios.

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (Ahresp) é outras das entidades parceiras neste evento. Jorge Loureiro, vice-presidente, comenta que o DNG é uma forma de «dar visibilidade à gastronomia» e àqueles que trabalham a mesma, quer as confrarias, quer cozinheiros profissionais que lançam novas tendências.

O programa do Dia Nacional da Gastronomia é vasto e faz-se com ementas especiais nos restaurantes, exposições, mostras gastronómicas, histórias em torno da comida, demonstrações de culinária ao vivo.

A revista Frutas, Legumes e Flores é parceira na “Exposição que se come e se bebe”, uma mostra de alimentos que ao final do dia podem ser provados. De salientar ainda acções como a dos CTT – Correios de Portugal, que vai fazer um selo do Dia Nacional de Gastronomia com um carimbo da cidade de Aveiro.

diagastronomia_2

Raul Moreira, director de Filatelia dos CTT – Correios de Portugal, comenta desta forma a importância da gastronomia: «Temos 50 milhões de selos sobre gastronomia e doçaria portuguesas espalhados pelo Mundo». O responsável adianta em, em 2017, poderão fazer uma edição de selos de base de expedição – aqueles que se usam normalmente na correspondência – sobre a doçaria tradicional portuguesa.

O Dia Nacional da Gastronomia será assinalado no último domingo de cada mês de Maio.

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

plásticos
Lourinhã recebe acção de formação sobre economia circular e plásticos agrícolas
2a
CiB promove debate sobre propriedade intelectual e desenvolvimento de novas variedades de plantas
FLF 250_publirreportagem_fepal
Fepal alarga oferta de embalagens ecológicas

Notícias relacionadas

plásticos
Lourinhã recebe acção de formação sobre economia circular e plásticos agrícolas
Nos dias 9, 10 e 11 de Abril, o auditório da Câmara Municipal da Lourinhã acolhe...
2a
CiB promove debate sobre propriedade intelectual e desenvolvimento de novas variedades de plantas
No dia 8 de Abril, entre as 10h00 e as 12h30, decorre no ITQB NOVA, em Oeiras,...
FLF 250_publirreportagem_fepal
Fepal alarga oferta de embalagens ecológicas
A Fepal, empresa de referência no sector da embalagem, tem seguido a estratégia...
Vinha Douro
ADVID realiza seminário sobre necessidades do sector vitivinícola e soluções
No dia 11 de Abril, o Teatro Municipal de Vila Real acolhe o seminário “Desafios...