Nova forma de reprodução acelera propagação da azeda

Investigadores das universidades de Coimbra e de Vigo descobriram uma nova forma de reprodução da planta invasora Oxalis pes-caprae (azeda ou trevo amarelo) na Península Ibérica que pode ter efeitos importantes para algumas culturas agrícolas. Considerava-se que a Oxalis se reproduzia exclusivamente por bolbos (reprodução assexuada), mas foi descoberta uma região onde as plantas se conseguem reproduzir por semente (reprodução sexuada), capacidade até agora exclusiva da África do Sul, de onde é nativa. Esta nova via de reprodução pode proporcionar «plantas mais agressivas e danosas para o ecossistema» e o processo de propagação «passou a ser mais rápido, fácil e muito mais agressivo», refere um comunicado da Universidade de Coimbra. A Oxalis propaga-se preferencialmente em zonas agrícolas e há necessidade de mais estudos sobre o impacto nas culturas. Por exemplo, na couve-galega foi verificado um impacto negativo. Financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia e pela Junta da Galiza, este estudo envolveu uma dezena de cientistas portugueses e espanhóis e dois consultores especialistas no estudo da Oxalis (da África do Sul e da República Checa).

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

FLF 250_Publirreportagem_Fitosistema
Soluções Fitosistema para as principais pragas da vinha e das fruteiras
2a
Entrega dos prémios Alqueva Sustentável 2023 a 2 de Maio na Ovibeja
FLF 239_fileira_morango
Agrogarante apresenta análise sectorial sobre morango

Notícias relacionadas

FLF 250_Publirreportagem_Fitosistema
Soluções Fitosistema para as principais pragas da vinha e das fruteiras
A FITOSISTEMA é, desde 2019, parceira da empresa italiana BIOGARD, a referência...
2a
Entrega dos prémios Alqueva Sustentável 2023 a 2 de Maio na Ovibeja
No dia 2 de Maio, tem lugar em Beja a entrega dos prémios Alqueva Sustentável...
FLF 239_fileira_morango
Agrogarante apresenta análise sectorial sobre morango
O sub-sector do morango constitui o tema do mais recente documento de análise...
plásticos
Lourinhã recebe acção de formação sobre economia circular e plásticos agrícolas
Nos dias 9, 10 e 11 de Abril, o auditório da Câmara Municipal da Lourinhã acolhe...