NASA prepara estufa para cultivar legumes na Lua

Em 2015, a agência espacial norte-americana (NASA) pretende enviar para a Lua uma pequena estufa para experimentar o cultivo de nabos, agriões e manjericão. Para construir a Lunar Plant Growth Chamber, a NASA lançou, em parceria com a International Technology and Engineering Educators Association (ITEEA), um concurso para estudantes conceberem, construírem e avaliarem uma câmara que permita o cultivo de plantas na Lua. Em princípio, a câmara será selada e vai conter um filtro de papel com nutrientes dissolvidos (que poderá alimentar uma centena de sementes de agriões, dez sementes de manjericão e outras dez de nabo). Quando a câmara chegar à Lua, um mecanismo libertará um pequeno depósito de água que humedecerá o papel e dará início à germinação das sementes, referem os cientistas da NASA. Os rebentos serão fotografados em intervalos regulares, com resolução suficiente para os comparar com o desenvolvimento de plantas de controlo na Terra.

Este projecto está a ser realizado no âmbito dos planos para futuras missões de longa duração ao satélite da Terra. Pretende-se testar os efeitos em organismos vivos das condições existentes na Lua (nomeadamente, os níveis de radiação muito mais intensos do que na Terra, a extrema variação de temperaturas e o facto de um dia lunar durar 28 dias terrestres – com consequências a nível da exposição à luz solar) e cultivar plantas que possam servir como complemento para as refeições dos astronautas. Segundo os cientistas da NASA, a primeira oportunidade para colocar esta câmara na Lua será o concurso internacional Google Lunar XPrize, patrocinado pela Google, cujo objectivo principal é premiar o projecto privado que consiga, até ao fim de 2015, construir um robô, enviá-lo para a superfície lunar e aí executar várias tarefas.

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

Portugal Fresh
Portugal Fresh elege órgãos sociais para o triénio 2024-2026
Pimento
Ministério realizou pagamentos de 1,4 mil milhões de euros aos sectores agroflorestal e das pescas em 2023
2
Apresentação de resultados do ensaio de rega gota-a-gota em arroz a 12 de Janeiro

Notícias relacionadas

Portugal Fresh
Portugal Fresh elege órgãos sociais para o triénio 2024-2026
A Portugal Fresh – Associação para a Promoção das Frutas, Legumes e Flores de...
Pimento
Ministério realizou pagamentos de 1,4 mil milhões de euros aos sectores agroflorestal e das pescas em 2023
Em 2023, os pagamentos aos sectores agroflorestal e das pescas efectuados pelo...
2
Apresentação de resultados do ensaio de rega gota-a-gota em arroz a 12 de Janeiro
A 12 de Janeiro, em Salvaterra de Magos, terá lugar a apresentação dos resultados...
Sogrape Sustentabilidade
Sogrape certificada pelo Referencial Nacional de Sustentabilidade do Sector Vitivinícola
A empresa portuguesa de vinhos Sogrape obteve a certificação pelo “Referencial...