Investigadores espanhóis criam embalagem que prolonga vida dos figos

Prolongar em 21 dias após a colheita a vida dos figos em fresco já é possível graças a uma nova embalagem desenvolvida por investigadores da Universidade da Extremadura e do Centro de Investigações Científicas e Tecnológicas da Extremadura (Cicytex).

A autora do estudo, a sua tese de doutoramento, María del Carmen Villalobos, explica que a mudança consiste no desenho da embalagem que contém filmes microperfurados que permitem a criação de uma atmosfera modificada passiva.

Desta forma evita-se o desenvolvimento de bolores e leveduras que são as principais causas para o tempo de vida muito curto dos figos. Normalmente, o tempo de vida do figo em fresco, após colhido da árvore, é de sete dias.

María de Guía Córdoba, uma das coordenadoras do estudo, sublinha que actualmente o figo «está a deixar de ser uma cultura marginal» para se tornar «uma fonte de receita para muitos produtores».

«Durante muito tempo as figueiras estiveram associadas à manutenção de outros cultivos. O consumo do fruto tem sido sobretudo no âmbito familiar. Mas actualmente este cenário está a mudar e os figos em fresco representam um nicho de mercado e, portanto, esta investigação pode ajudar a dar ao sector o impulso que necessita», acrescentou María de Guía Córdoba.

Ao mesmo tempo que descobriram mecanismos para prolongar o tempo de vida útil do figo fresco, os investigadores encontraram técnicas para melhorar o processo de secagem do figo. O consumo deste fruto em seco é o mais comum, precisamente devido à sua perecibilidade em fresco.

Os investigadores demonstraram que, através da aplicação de pré-tratamentos com ondas de ultra-som, é possível secar o fruto em um a três dias. Os processos tradicionais de secagem ao sol podem demorar até 15 dias.

«Usar esta técnica demonstrou que temos um maior controlo do produto, algo muito importante do ponto de vista da segurança alimentar», pormenorizou María del Carmen Villalobos.

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

Portugal Fresh
Portugal Fresh elege órgãos sociais para o triénio 2024-2026
Pimento
Ministério realizou pagamentos de 1,4 mil milhões de euros aos sectores agroflorestal e das pescas em 2023
2
Apresentação de resultados do ensaio de rega gota-a-gota em arroz a 12 de Janeiro

Notícias relacionadas

Portugal Fresh
Portugal Fresh elege órgãos sociais para o triénio 2024-2026
A Portugal Fresh – Associação para a Promoção das Frutas, Legumes e Flores de...
Pimento
Ministério realizou pagamentos de 1,4 mil milhões de euros aos sectores agroflorestal e das pescas em 2023
Em 2023, os pagamentos aos sectores agroflorestal e das pescas efectuados pelo...
2
Apresentação de resultados do ensaio de rega gota-a-gota em arroz a 12 de Janeiro
A 12 de Janeiro, em Salvaterra de Magos, terá lugar a apresentação dos resultados...
Sogrape Sustentabilidade
Sogrape certificada pelo Referencial Nacional de Sustentabilidade do Sector Vitivinícola
A empresa portuguesa de vinhos Sogrape obteve a certificação pelo “Referencial...