Harvista obtém autorização excepcional de emergência para uso em pereiras e macieiras

O regulador de crescimento das plantas Harvista, desenvolvido pela AgroFresh e comercializado em Portugal pela Selectis, obteve uma autorização excepcional de emergência de utilização – com a referência N.º 2023/11 –, concedida ao Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional (COTHN), por um período de 120 dias, com início a 15 de Julho. Esta autorização foi concedida pela Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) para o controlo do amadurecimento da fruta em macieiras e pereiras.

Segundo a Selectis, «na sequência da nova autorização excepcional de emergência para a aplicação desta tecnologia, é necessário utilizar o Kit Harvista, que é acoplado no pulverizador, uma vez que a substância activa 1-MCP é volatilizada directamente na atmosfera assim que entra em contacto com a água». A empresa refere que o Harvista, devido às «suas características de inibição do etileno, tem a capacidade de atrasar o amadurecimento da fruta ainda na árvore», um processo que «permite um alargamento do tempo de colheita» e «uma melhor gestão desta» e, «paralelamente, permite uma maior homogeneização dos frutos e, consequentemente, uma melhor qualidade dos mesmos».

Para a Selectis, «face à crescente falta de mão-de-obra», o uso deste regulador de crescimento das plantas «permitirá fazer uma melhor gestão dos grupos de colhedores» e também «permite um maior desfasamento da entrega das frutas nas centrais fruteiras». De acordo com a empresa, «o modo de acção exclusivo Harvista oferece flexibilidade na gestão da colheita, ao alargar o seu período», o que «permite aumentar a qualidade da fruta e o rendimento por hectare».

A Selectis afirma ainda que o Harvista «retarda a degradação do amido, firmeza e queda dos frutos» – «mantém a qualidade ideal, com maior uniformidade e melhora seu potencial de conservação», diz a empresa – e que, «graças ao efeito que Harvista exerce sobre a maturação dos frutos, é possível minimizar acidentes fisiológicos como vitrescência, “cracking”, redução do aspecto oleoso e danos de manipulação». Pode consultar aqui mais informação sobre o regulador de crescimento das plantas Harvista.

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Notícias Recentes

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
posts flf (77)
Situação Atual

Notícias relacionadas

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
Decorre na manhã do dia 21 de Dezembro, em Castro Verde, o evento “Inovagro...
posts flf (77)
Situação Atual
Desde que a Plastdiversity Lda, empresa ligada ao setor plástico decidiu apostar...
nuncio
Regantes apresentam soluções para a escassez de água no Algarve
As XIV Jornadas Fenareg – Encontro do Regadio 2023 decorreram em Alcantarilha,...