Estados-membros da UE já podem decidir sobre OGM

As novas normas comunitárias, que permitem que os Estados-membros da União Europeia (UE) decidam sobre a proibição ou restrição do cultivo de organismos geneticamente modificados (OGM), foram formalmente adoptadas a 2 de Março de 2015. A decisão partiu do Conselho Europeu e entrará em na Primavera, 20 dias depois de ser publicada no Diário Oficial da UE.

Jānis Dūklavs, ministro letão da Agricultura e presidente do Conselho Europeu, nota que «as novas regras vão dar aos Estados liberdade de escolha: podem decidir se querem que culturas geneticamente modificadas sejam cultivadas no seu território ou não. A decisão está em linha com o princípio de subsidiariedade e respeito pelas preferências dos cidadãos e agricultores».

Os Estados-membros poderão proibir ou restringir o uso de OGM em dois momentos: durante o momento da autorização, quando podem requerer a alteração da incidência geográfica da aplicação; ou, depois de determinado OGM ter sido autorizado, se o estado reconhecer que o seu cultivo prejudica o ambiente, os objectivos da sua política agrícola ou outros motivos que considere imperiosos.

O Conselho Europeu sublinha que, para evitar a contaminação cruzada nas fronteiras, quando os países vizinhos proíbem os OGM, deve haver «cooperação» entre os Estados. Para além disso, um Estado-membro pode requerer o ajuste da localização geográfica de determinada cultura OGM num território vizinho.

Portugal é um dos cinco países da UE onde são cultivados OGM. Mais de oito mil hectares do território agrícola nacional são ocupados com produtos com esta designação. O Bloco de Esquerda (BE) quer fazer aprovar um projecto de lei que proibirá o cultivo dos OGM, em Portugal.

 

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

2a
Entrega dos prémios Alqueva Sustentável 2023 a 2 de Maio na Ovibeja
FLF 239_fileira_morango
Agrogarante apresenta análise sectorial sobre morango
plásticos
Lourinhã recebe acção de formação sobre economia circular e plásticos agrícolas

Notícias relacionadas

2a
Entrega dos prémios Alqueva Sustentável 2023 a 2 de Maio na Ovibeja
No dia 2 de Maio, tem lugar em Beja a entrega dos prémios Alqueva Sustentável...
FLF 239_fileira_morango
Agrogarante apresenta análise sectorial sobre morango
O sub-sector do morango constitui o tema do mais recente documento de análise...
plásticos
Lourinhã recebe acção de formação sobre economia circular e plásticos agrícolas
Nos dias 9, 10 e 11 de Abril, o auditório da Câmara Municipal da Lourinhã acolhe...
2a
CiB promove debate sobre propriedade intelectual e desenvolvimento de novas variedades de plantas
No dia 8 de Abril, entre as 10h00 e as 12h30, decorre no ITQB NOVA, em Oeiras,...