EFSA considera que glifosato não tem efeito carcinogénico

Num relatório recente, a Autoridade Europeia da Segurança Alimentar (EFSA) concluiu que o herbicida glifosato não demonstra propriedades carcinogénicas nem mutagénicas e não tem qualquer efeito tóxico sobre a fertilidade, reprodução ou desenvolvimento embrionário, confirmando o resultado das avaliações de risco anteriormente efectuadas pelas autoridades reguladoras. A EFSA afirma que «é improvável o glifosato representar um perigo cancerígeno para os seres humanos e a evidência não suporta uma classificação, no que diz respeito ao seu potencial carcinogénico, segundo o Regulamento (CE) nº 1272/2008».

Estas conclusões foram definidas depois de a EFSA ter analisado um conjunto de estudos e dados relacionados com o glifosato. A EFSA enfatiza que há «um enorme» banco de dados do glifosato e que «a avaliação toxicológica adoptada pelo Estado-Membro relator e acordado durante a avaliação com os outros Estados-Membros assenta numa magnitude de estudos válidos, mais do que num estudo específico».

Tendo em conta as conclusões da EFSA, a Comissão Europeia irá preparar um relatório de avaliação, seguido de um regulamento com uma proposta, que será submetida a votação pelos representantes dos 28 Estados-membros na Comissão Permanente das Plantas, Animais, Alimentos e Alimentação, durante os próximos meses.

Segundo Richard Garnett, presidente da Glyphosate Task Force (GTF), entidade que reúne várias empresas da indústria de fitofármacos, a conclusão da EFSA «confirma as avaliações anteriores do glifosato pelas autoridades reguladoras em todo o mundo, que consistentemente concluíram que a aplicação do glifosato não representa nenhum risco inaceitável para a saúde humana, dos animais ou para o ambiente».

Artigos relacionados:

Herbicida usado em Portugal pode causar cancro

Proibição do glifosato em discussão na Assembleia da República

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

Portugal Fresh
Portugal Fresh elege órgãos sociais para o triénio 2024-2026
Pimento
Ministério realizou pagamentos de 1,4 mil milhões de euros aos sectores agroflorestal e das pescas em 2023
2
Apresentação de resultados do ensaio de rega gota-a-gota em arroz a 12 de Janeiro

Notícias relacionadas

Portugal Fresh
Portugal Fresh elege órgãos sociais para o triénio 2024-2026
A Portugal Fresh – Associação para a Promoção das Frutas, Legumes e Flores de...
Pimento
Ministério realizou pagamentos de 1,4 mil milhões de euros aos sectores agroflorestal e das pescas em 2023
Em 2023, os pagamentos aos sectores agroflorestal e das pescas efectuados pelo...
2
Apresentação de resultados do ensaio de rega gota-a-gota em arroz a 12 de Janeiro
A 12 de Janeiro, em Salvaterra de Magos, terá lugar a apresentação dos resultados...
Sogrape Sustentabilidade
Sogrape certificada pelo Referencial Nacional de Sustentabilidade do Sector Vitivinícola
A empresa portuguesa de vinhos Sogrape obteve a certificação pelo “Referencial...