“CROP Insulation” é o vencedor do programa Deep Tech Innovators do DIP4Agri

“CROP Insulation” é o vencedor do programa Deep Tech Innovators do DIP4Agri, um projecto desenvolvido pela Universidade Católica Portuguesa.

O objectivo do “Crop Insulation” é o de valorizar os resíduos produzidos durante a poda de oliveiras de empresas do sector de produção de azeite, promovendo a integração deste resíduo na produção de painéis de isolamento.

A equipa do projecto DIP4Agri atribuíu, no dia 18 de Dezembro, um prémio no valor de 5.000 euros à melhor solução de negócio apresentada. Esta solução foi desenvolvida pela equipa “CROP Insulation”, do programa Deep Tech Innovators, com o objectivo de valorizar os resíduos produzidos durante a poda de oliveiras.

No evento de entrega do prémio, que decorreu na Universidade Católica Portuguesa no Porto, Manuela Pintado, coordenadora do projecto e directora do Centro de Biotecnologia e Química Fina, apresentou os principais resultados obtidos durante o projecto DIP4Agri.

Os oradores convidados Luís Rochartre (Consultor Sénior da Planetiers New Generation), Tiago Duarte (Sócio-Gerente da Simplyeast Portugal), Deolinda Silva (Directora Executiva da PortugalFoods) e Benedita Chaves (Directora de I&D e Inovação da Lipor) apresentaram diferentes perspectivas que contribuem para a importância da inovação e da criação de valor a partir de resíduos e subprodutos, com o objectivo de promover a mudança urgente para uma maior sustentabilidade ambiental e económica, de diferentes sectores económicos e da sociedade.

Através de projectos como o DIP4Agri, a Universidade Católica Portuguesa pretende acelerar a criação de valor na universidade (IES), promovendo a cultura do empreendedorismo e inovação tecnológica na melhoria da circularidade dos sistemas agroalimentares.

Este projecto foi promovido pela iniciativa IES do EIT, fundada pela União Europeia, que visa apoiar as IES com expertise e coaching, com financiamento e acesso ao ecossistema de inovação EIT e financiamento, o maior da Europa, permitindo-lhes desenvolver planos de acção de inovação que complementem as necessidades de cada IES.

A Universidade Católica Portuguesa terminou assim a primeira fase do projecto DIP4Agri (DIP4Agri.eu) que visa a capacitação em inovação e empreendedorismo de instituições de ensino superior, nos domínios da deep tech na valorização de subprodutos agroalimentares.

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Notícias Recentes

3b
Santarém recebe III Colóquio sobre o Uso Sustentável dos Pesticidas a 24 de Maio
Alqueva
EDIA disponibiliza Anuário Agrícola de Alqueva de 2023
4a
Grow Field Days promove visitas de campo com foco no microbioma do solo

Notícias relacionadas

3b
Santarém recebe III Colóquio sobre o Uso Sustentável dos Pesticidas a 24 de Maio
A Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Santarém (ESAS) vai ser...
Alqueva
EDIA disponibiliza Anuário Agrícola de Alqueva de 2023
A Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas de Alqueva (EDIA) disponibilizou...
4a
Grow Field Days promove visitas de campo com foco no microbioma do solo
No âmbito da iniciativa “Grow Field Days”, com o mote “De agricultor para agricultor!”,...
fig-972271_1280
Workshop “Figos para o Futuro: capacitar os pequenos produtores através do desenvolvimento de novos modelos de negócio”
O projecto InovFarmer.MED apresenta o seu primeiro workshop, focado na cadeia...