Cooperativa compra desperdícios hortofrutícolas

A cooperativa “Fruta Feia” compra frutas e verduras de 32 agricultores que não as conseguem vender por não cumprirem os padrões estéticos exigidos pelo mercado. Até agora, mais de 38 toneladas foram ‘salvas’ do lixo.

O objetivo desta cooperativa é combater os padrões de ‘perfeição’ estética que existem à volta da fruta e as hortaliças evitando assim o seu desperdício. A engenheira do ambiente, Isabel Soares, vivia em Barcelona quando se apercebeu que havia “um grande desperdício alimentar devido à aparência”.

“Isso indignou-me e pensei que não é lógico estar a mandar tantos produtos de qualidade para o lixo, porque simplesmente têm um calibre pequenino ou uma forma estranha”, contou ao Observador.

Isabel Soares decidiu fazer alguma coisa para evitar que cerca de 30% do que é produzido pelos agricultores nacionais fosse para o lixo por não cumprir os padrões exigidos na distribuição.

“Fomos para o campo, à procura de agricultores, à procura de espaços que nos deixassem fazer a distribuição semanal das cestas e procurar consumidores. Juntámos estes três elementos – espaço, agricultores e consumidores -, e arrancámos com o projeto”, explica.

O projeto consiste em passar com uma carrinha, duas vezes por semana, por 32 agricultores e recolher frutas e hortaliças que seriam desperdício. Em novembro do ano passado nasceu na Casa Independente a primeira delegação da cooperativa com 100 consumidores associados. Uma segunda delegação também já abriu portas desta feira no Ateneu Comercial de Lisboa em abril deste ano.

A “Fruta Feia” já conseguiu evitar o desperdício de mais de 38 toneladas de frutas e hortaliças. Até ao final do ano espera chegar às 120 toneladas.

 

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

FLF 250_Publirreportagem_Fitosistema
Soluções Fitosistema para as principais pragas da vinha e das fruteiras
2a
Entrega dos prémios Alqueva Sustentável 2023 a 2 de Maio na Ovibeja
FLF 239_fileira_morango
Agrogarante apresenta análise sectorial sobre morango

Notícias relacionadas

FLF 250_Publirreportagem_Fitosistema
Soluções Fitosistema para as principais pragas da vinha e das fruteiras
A FITOSISTEMA é, desde 2019, parceira da empresa italiana BIOGARD, a referência...
2a
Entrega dos prémios Alqueva Sustentável 2023 a 2 de Maio na Ovibeja
No dia 2 de Maio, tem lugar em Beja a entrega dos prémios Alqueva Sustentável...
FLF 239_fileira_morango
Agrogarante apresenta análise sectorial sobre morango
O sub-sector do morango constitui o tema do mais recente documento de análise...
plásticos
Lourinhã recebe acção de formação sobre economia circular e plásticos agrícolas
Nos dias 9, 10 e 11 de Abril, o auditório da Câmara Municipal da Lourinhã acolhe...