Cadeia de abastecimento de frutas e legumes do Continente com certificação GlobalGAP

O Continente anunciou que obteve a certificação GlobalGAP para a sua cadeia de abastecimento de frutas e legumes. «Através da certificação GlobalGAP, a Sonae MC obteve o selo GGN (GlobalGAP Number), um código com 13 algarismos que valida a certificação da sua cadeia de abastecimento para as frutas e legumes», explica um comunicado do Continente.

A cadeia de retalho indica que «o processo de certificação pela norma GlobalGAP foi liderado por auditores externos da Agricert (organismo de certificação), incluindo auditorias ao entreposto, às lojas Continente, passando pelas Direcções da Qualidade e Comerciais, bem como às escolas responsáveis pela formação dos colaboradores – Escola de Frescos e Escola de Logística». A implementação e gestão do processo envolveu cerca de 1.000 pessoas e a certificação GlobalGAP da cadeia de abastecimento de frutas e legumes do Continente tem a validade de um ano, até Julho de 2022, assinala a empresa.

O comunicado afirma que o selo GGN «garante ao consumidor» que, ao comprar os produtos, «está a optar por frutas e legumes que, desde a sua origem até às lojas, são manuseados de forma rigorosa, responsável – que garante o bem-estar das pessoas envolvidas no processo de produção e colheita e o mínimo impacte ambiental». Também se refere que a auditoria para obter esta certificação «garante a total transparência na comercialização de frutas e legumes provenientes de uma agricultura responsável e sustentável, que assegura o bem-estar dos trabalhadores e a aplicação dos melhores métodos produtivos, garantindo a segurança alimentar e a preservação dos recursos naturais».

Segundo a empresa de retalho, «já existem no mercado outros retalhistas com produtos avaliados pela mesma entidade, mas esta é a primeira vez que um operador submete a avaliação toda a sua cadeia de valor e respectivos produtos – do campo até à loja – com sucesso». Assim, «como único retalhista no mundo com a totalidade da cadeia de abastecimento certificada, a distinção assegura que na produção das frutas e legumes Continente é dada preferência a métodos naturais de combate a pragas (como a utilização de insectos auxiliares no combate a espécies nocivas, por exemplo); à preservação dos recursos naturais (respeitando o solo e a utilização eficiente de água) e à promoção da biodiversidade nos campos (protegendo a flora e a vida animal presentes)», acrescenta.

O Continente realça ainda que o pedido de avaliação da sua cadeia de abastecimento de frutas e legumes partiu do Clube de Produtores Continente (CPC), «que, em articulação directa com a entidade alemã responsável pela certificação, quis ver reconhecido o trabalho dos fornecedores nacionais da marca». De acordo com a cadeia de retalho, «actualmente, todos os fornecedores do CPC têm de cumprir o protocolo de respeito pelas práticas agrícolas seguras e sustentáveis alinhadas com a certificação GlobalGAP».

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Recentes

Sogrape Sustentabilidade
Sogrape certificada pelo Referencial Nacional de Sustentabilidade do Sector Vitivinícola
posts flf (87)
Frutos Secos
CNCACSA1
Disponibilizadas gravações da conferência sobre alterações climáticas organizada pelo CNCACSA

Notícias relacionadas

Sogrape Sustentabilidade
Sogrape certificada pelo Referencial Nacional de Sustentabilidade do Sector Vitivinícola
A empresa portuguesa de vinhos Sogrape obteve a certificação pelo “Referencial...
posts flf (87)
Frutos Secos
Consulte aqui todos os artigos do Grande Plano de Dezembro dedicado aos Frutos...
CNCACSA1
Disponibilizadas gravações da conferência sobre alterações climáticas organizada pelo CNCACSA
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
AgroBiotech1
CAP e P-Bio divulgam relatório do estudo de aplicação de biotecnologia
No âmbito do colóquio «AgroBioTech: Uma estratégia para a agrobiotecnologia...