Comissão vai propor mobilização da Reserva Agrícola para países atingidos por condições climatéricas adversas

Na sequência da reunião do Conselho de Ministros de Agricultura e Pescas da União Europeia AgriFish, que decorreu em Bruxelas, Bélgica, ontem, 30 de Maio, a Comissão Europeia «vai propor a mobilização da Reserva Agrícola, que tem disponíveis 250 milhões de euros, para apoiar os países atingidos por condições climatéricas adversas», diz o Ministério da Agricultura e da Alimentação. Em comunicado, o Ministério refere que a Comissão também vai «estudar todos os pedidos feitos pelos Estados-membros, de maneira a minimizar o impacto junto dos agricultores e das suas explorações agrícolas».

Nesta reunião, a delegação de Portugal tinha apresentado à Comissão um pedido de apoio para enfrentar os efeitos da seca no País – solicitando, nomeadamente, «o uso da Reserva Agrícola e um conjunto de flexibilizações na utilização de instrumentos como o PDR 2020 e o PEPAC», explica o Ministério. Este pedido «foi subscrito por Espanha, Itália e França, que também enfrentam períodos de seca meteorológica e pedem o acordo da Comissão para a utilização de instrumentos disponíveis no âmbito da Política Agrícola Comum».

Na reunião, a delegação portuguesa indicou que houve «um agravamento significativo» da situação de seca no mês de Abril, «cobrindo mais de 40% do território nacional» e «com consequentes impactos negativos na actividade agrícola», devido a temperaturas médias e máximas acima do normal, a ondas de calor e a reduzida precipitação em Março e Abril, o que originou um baixo teor de água no solo, com maior incidência no sul do país. A propósito desta reunião, a ministra da Agricultura e da Alimentação afirmou que, «perante estas condições, assistimos com grande preocupação, nomeadamente no sector dos cereais e da pecuária extensiva, à antecipação no consumo de alimentos conservados para animais e à quebra da produção forrageira, o que implicou o aumento significativo de custos para os produtores pecuários», acrescentando que, «neste difícil contexto, solicitámos à Comissão Europeia medidas que possam mitigar os prejuízos resultantes deste período de ocorrência destes fenómenos extremos, acautelando a situação financeira das explorações agrícolas que se encontram sob uma pressão acrescida».

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Email

Notícias Recentes

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
posts flf (77)
Situação Atual

Notícias relacionadas

Agenda1
CNCACSA apresenta Agenda de Investigação e Inovação
O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal...
IMG_1923a
Evento Inovagro Jovem a 21 de Dezembro em Castro Verde
Decorre na manhã do dia 21 de Dezembro, em Castro Verde, o evento “Inovagro...
posts flf (77)
Situação Atual
Desde que a Plastdiversity Lda, empresa ligada ao setor plástico decidiu apostar...
nuncio
Regantes apresentam soluções para a escassez de água no Algarve
As XIV Jornadas Fenareg – Encontro do Regadio 2023 decorreram em Alcantarilha,...