Torrestir torna-se parceiro exclusivo da CargoLine em Portugal

A partir de 1 de Fevereiro, a Torrestir vai passar a ser parceiro exclusivo em Portugal da CargoLine, uma entidade de cooperação para transportes de grupagem intercontinentais, e, dessa forma, vai reforçar a operação de transporte Alemanha/Portugal. A empresa prestadora de serviços de transporte e logística explica que passará a «usar a rede de cooperação de carga geral Cargoline para distribuir as suas remessas em toda a Europa», passando a realizar-se «transportes de importação e exportação bissemanais entre seis diferentes parceiros alemães da CargoLine – alguns dos quais funcionando como gateways para toda a rede – e as localizações da Torrestir no Porto e em Lisboa».

Segundo Bernd Höppner, director geral da cooperação de carga geral e responsável pela divisão internacional da Cargoline, «graças à estrutura de distribuição integrada da Torrestir em Portugal, à sua frota própria de cerca de 1.600 camiões com motoristas, à profunda experiência em transporte e armazenamento em sectores como o farmacêutico e automóvel e ao aumento da frequência das operações de transporte entre os nossos países, esta cooperação fornece ao mercado amplas opções para a sua logística». «O alto nível de digitalização, que permite o rastreamento de remessas transfronteiriças é outra das vantagens», acrescenta.

«Fruto de muitos anos de colaboração com os parceiros CargoLine, Englmayer, Europa, Salvat e Ziegler, a qualidade comprovada da cooperação e os padrões de TI são reconhecidos muito além da Alemanha. O facto de, graças à estrutura de média dimensão da aliança, estarmos a trabalhar de imediato com distribuidores de carga na Alemanha, maioritariamente empresas familiares, que partilham os nossos valores e padrões, é outra vantagem para os nossos clientes», refere Helder Silva, director geral da Torrestir Transitários. A empresa salienta que a Alemanha é um dos parceiros comerciais mais importantes de Portugal, que é destino principalmente de têxteis, calçados, produtos agrícolas, vinhos, componentes para produtos de informática e telecomunicações e que, da Alemanha, o país importa principalmente máquinas, produtos químicos e componentes para a indústria automóvel.

De acordo com a Torrestir, a CargoLine tem na Alemanha uma rede constituída por 52 prestadores de serviços de transporte e logística de média dimensão, «com parceiros internacionais de alta capacidade», sendo que, «além dos serviços de transporte, o foco está na distribuição, contratação e logística contratual, e frete marítimo». Em 2021, esta rede de empresas movimentava 13,5 milhões de remessas e gerava 1,52 mil milhões de euros em volume de negócios, envolvendo 7.450 colaboradores.

A operar desde 1962, a Torrestir conta com 2.700 colaboradores, está presente em Portugal, incluindo as ilhas, Espanha, Moçambique e Alemanha e registou uma facturação de 235 milhões de euros em 2021. Além das operações nacionais e internacionais de transporte de carga, o leque de serviços da Torrestir inclui logística contratual, contentor, transportes pesados, transportes especiais e desalfandegamento, entre outros.

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




















Newsletter

* campo obrigatório
Ao clicar em "Subscrever" está a concordar que Leu e Aceitou a nossa Política de Privacidade



Fotogaleria