Lidl_Bom demais para deixar para trás

Lidl evita o desperdício de 3 milhões de alimentos num ano

Comprometido com a redução do desperdício alimentar, o Lidl lançou em Abril de 2021 o projecto “Bom demais para deixar para trás”, que promove a venda de produtos nos últimos dias de validade, através da redução do preço dos mesmos em 50%. Estes produtos encontram-se numa localização específica, destacados com um selo verde, que é sinónimo do desconto. No caso do pão, em que 12 variedades integram a iniciativa, por exemplo, os produtos do dia anterior são vendidos com 50% de desconto no dia seguinte.

Com esta acção, e envolvendo os clientes para a sensibilização de um consumo mais consciente, o Lidl evitou, em apenas um ano, que cerca de 3 milhões de produtos fossem desperdiçados.  Do total destes produtos, que estavam bons demais para serem deixados para trás, 35% são unidades de padaria; 23% são frescos; 34% são carnes e 8% dizem respeito a unidades de peixe.

Para Elena Aldana, directora de Assuntos Públicos, Comunicação e ESG do Lidl Portugal, «o desperdício alimentar constitui um problema à escala global e importa sensibilizar a população para uma mudança de comportamento e um consumo mais consciente. Este projecto é mais uma das soluções que encontrámos para poder contribuir para um futuro mais sustentável, e que ganha especial relevância no actual contexto mundial, onde é fundamental combater a situação de desigualdade no acesso e no consumo de alimentos».

Com uma abordagem inclusiva, a iniciativa “Bom demais para deixar para trás” está enquadrada na estratégia activa do Lidl para a redução do desperdício alimentar, que aposta em:

  • Entrega diária de frutas, legumes e carne em todas as lojas, «garantindo a máxima frescura dos produtos no ponto de venda, reduzindo ao máximo o tempo desde o produtor até à casa do cliente, e permitindo que os clientes Lidl possam disfrutar de produtos com a máxima qualidade e frescura, durante mais tempo».
  • A existência de um Responsável de Frescos, em todas as lojas, que tem a responsabilidade de «salvaguardar a frescura das frutas e legumes à venda, monitorizando em intervalos regulares a sua qualidade».
  • A venda a granel/unidose, que permite aos clientes Lidl «escolherem exactamente a quantidade pretendida de produtos de padaria e pastelaria, assim como de fruta e legumes, peixe congelado ou marisco, evitando um consumo excessivo».
  • Gestão eficiente do inventário. «Procuramos que as encomendas sejam ajustadas às necessidades de cada loja e dos nossos clientes. Através das nossas ferramentas de gestão, cada Chefe de Loja sabe exactamente as melhores quantidades a encomendar, evitando o excesso e o desperdício.»
  • A Data Limite Lidl (DLL) é uma data anterior à data de validade que permite aos clientes Lidl comprarem os produtos com o tempo suficiente para os consumirem em segurança e assim reduzirem o desperdício alimentar em casa. A venda de artigos com 30% de desconto, assinalados com um selo laranja, ocorre quando os produtos estão em DLL (Data Limite Lidl) o que facilita a sua venda e evita o desperdício.
  • Projecto Realimenta. «O nosso contributo para ajudar a diminuir o desperdício alimentar é também feito através do nosso projecto Realimenta, em parceria com 1.137 entidades, entre as quais a Re-food, a Zero Desperdício e centenas de IPSS de âmbito local. Em 2021, o Lidl Portugal doou, através deste projecto, quase 3.300 toneladas de alimentos, que impactaram positivamente cerca de 195.000 beneficiários.

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



























Newsletter

* campo obrigatório
Ao clicar em "Subscrever" está a concordar que Leu e Aceitou a nossa Política de Privacidade



Fotogaleria