IMG_0016

Programa da CHEP de recolha de paletes perdidas reverte em donativo para IPSS

O programa Blue Code, criado pela CHEP para recuperar paletes da marca perdidas no mercado, permite aos colaboradores da empresa, através de uma aplicação móvel, identificar paletes perdidas e solicitar a sua recolha. Por cada palete recolhida, a CHEP faz uma doação à Associação Crescer e Ser – Casa da Encosta, apoiando o Centro de Acolhimento Temporário desta organização, e, no ano passado, a empresa conseguiu recuperar bens que proporcionaram donativos a esta instituição particular de solidariedade social no valor de quase 2.500 euros.

Em comunicado, a CHEP, empresa fornecedora de soluções de pooling para cadeias de abastecimento, sublinha o montante que foi possível obter «apesar das restrições de mobilidade resultantes da covid-19» e explica que o valor angariado «será utilizado para colmatar algumas das necessidades recorrentes, tais como bens alimentares, higiene pessoal e limpeza e material escolar». Situada em Carcavelos, a Casa da Encosta é uma das seis residências da CrescerSer, que foi construída de raiz pela Câmara Municipal de Cascais e que acolhe 12 crianças dos 0 meses aos 12 anos de idade.

As residências da CrescerSer acolhem crianças e jovens em risco, a quem a entidade procura proporcionar educação, cuidados de saúde, bem-estar e segurança recorrendo ao apoio da comunidade. A CHEP realça que «a CrescerSer tem ainda como objectivos promover, organizar e dinamizar serviços comunitários de apoio à criança, ao jovem e à sociedade familiar» e que, «ao longo do seu trabalho, a organização dinamiza a formação especializada nas áreas de protecção, acolhimento e acompanhamento a técnicos ligados à problemática das crianças e jovens em perigo».

«A contribuição da CHEP tem sido fundamental ao longo destes últimos anos, na medida em que permite suprir as necessidades diárias destas crianças. Esta colaboração estreita entre a CHEP e a Casa da Encosta, que se mantém já há largos anos, sedimentou uma relação especial que se define pelo olhar atento a cada uma das nossas crianças», afirma Maria de Fátima Serrano, secretária geral da CrescerSer da Casa da Encosta. Ana Paula Sardinha, Country General Manager da CHEP, refere que «esta iniciativa tem uma dupla função, espelhando, por um lado, o valor de sustentabilidade da nossa marca ao querer reaproveitar matéria prima que se encontra perdida entre as várias cadeias de abastecimento dos nossos parceiros e, por outro, o sentido de comunidade, doando um montante final a uma organização de solidariedade social local».

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



























Newsletter

* campo obrigatório
Ao clicar em "Subscrever" está a concordar que Leu e Aceitou a nossa Política de Privacidade



Fotogaleria