1a

Campanha de promoção da batata nacional arranca com a Miss Tata

Foi lançada a 1 de Junho, em Lisboa, a Campanha Nacional de Promoção da Batata Portuguesa, iniciativa que resulta de uma parceria entre a Porbatata – Associação da Batata de Portugal, a Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição (APED) e o Crédito Agrícola, com o apoio do Ministério da Agricultura. A campanha deve decorrer até meados de Setembro e é centrada na Miss Tata, marca colectiva para promoção e comercialização da batata portuguesa criada pela associação em 2020.

Esta marca vai estar visível nos sacos de batata dos produtores associados da Porbatata à venda no retalho nacional e também vai estar presente nos hipermercados e supermercados aderentes – onde vão existir ainda materiais de comunicação, como folhetos e outros. O lançamento desta campanha coincide com o arranque da época de colheita de batata nova em Portugal e a Porbatata destaca que esta campanha constitui a primeira vez em que a batata portuguesa chega aos consumidores com o selo Miss Tata, «ajudando, assim, os consumidores a identificar mais facilmente a origem do produto».

imprensa-01

Segundo a Porbatata, em simultâneo com a campanha de promoção nacional, também vai lançar o selo Miss Tata nas embalagens de batata portuguesa destinadas à exportação. A associação refere que promoveu ainda «uma acção de divulgação da Miss Tata em órgãos de comunicação social especializados europeus, com especial destaque para Espanha, Holanda e França», com o objectivo de «dar a conhecer a marca colectiva da batata portuguesa e estimular as exportações, numa altura em que este produto está a chegar ao mercado, acabado de colher».

«A Porbatata tem como missão promover a batata portuguesa e nesta campanha de divulgação nacional é com a marca colectiva Miss Tata que comunica de forma mais próxima com os consumidores. A preferência por produtos nacionais não é apenas uma necessidade de estímulo económico, é também um incentivo aos portugueses para que escolham alimentos mais saborosos, produzidos localmente e, por isso, mais frescos e amigos do ambiente», afirma Sérgio Ferreira, presidente da Porbatata. Mónica Ventosa, directora geral adjunta da APED, sublinha que «o sector da distribuição está permanente empenhado em promover e apoiar a produção nacional e isso reflectiu-se na expressiva adesão por parte das insígnias associadas que estarão a divulgar a campanha nos próximos três meses, em pontos de venda de norte a sul do País». «A habitual cooperação e colaboração entre estes dois sectores ganhou ainda mais relevância no último ano, devido à pandemia, e assume-se agora como fundamental na promoção de produtos nacionais que têm características nutricionais ainda pouco conhecidas do consumidor», conclui Mónica Ventosa.

imprensa-02

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



























Newsletter

* campo obrigatório
Ao clicar em "Subscrever" está a concordar que Leu e Aceitou a nossa Política de Privacidade



Fotogaleria