Prémio BfK_3

AgroGrIN Tech galardoada pela ANI nos Prémios Empreendedor XXI

Na quarta edição dos Prémios Empreendedor XXI (PEXXI) em Portugal, a start-up AgroGrIN Tech recebeu da Agência Nacional de Inovação (ANI) o troféu ‘Árvore do Conhecimento’, enquanto o melhor finalista nacional “nascido do conhecimento científico e tecnológico” a concurso. Os PEXXI são organizados pelo BPI e pela DayOne, divisão do CaixaBank especializada para empresas de tecnologia, inovação e respectivos investidores, em parceria com a ANI e com o apoio institucional do Ministério da Economia.

A organização dos Prémios Empreendedor XXI indica que a AgroGrIN Tech «implementa soluções inovadoras e sustentáveis para empresas que geram desperdícios de frutas e vegetais, permitindo a transformação de 100% dos resíduos em novos ingredientes alimentares e nutracêuticos». Segundo a organização, a AgroGrIN Tech «é responsável pelo desenvolvimento de uma tecnologia patenteada que permite a redução de 14% das emissões de CO2 que o sector agroalimentar emite para a atmosfera».

As start-ups portuguesas BestHealth4U – «especializada no desenvolvimento de materiais inovadores para dispositivos médicos que se ligam à pele» – e Advertio – plataforma de aquisição de clientes que visa «tornar o crescimento dos negócios através do marketing digital acessível a todo o tipo de utilizadores» – foram as vencedoras desta edição, tendo os prémios sido entregues num evento online. Um total de 171 empresas portuguesas candidataram-se a esta edição, 85 na região Norte e Centro – caso da BestHealth4you e da AgroGrIN Tech – e 86 na região Sul e Ilhas – caso da Advertio.

Os PEXXI decorrem em paralelo, em Portugal e em Espanha, no que diz respeito aos “Prémios Territoriais” (duas regiões em Portugal e 17 em Espanha, tendo havido um total de 955 empresas candidatas a esta edição a nível ibérico), e em conjunto, relativamente aos “Prémios Desafios”, que serão atribuídos em Junho de 2021. Todas as empresas candidatas (portuguesas e espanholas) concorrem aos oito desafios dos “Prémios Desafios”: Cidade XXI (cidades mais sustentáveis, seguras, conectadas e adaptadas), Vive XXI (digitalização, novos modelos de negócios e reactivação do sector hoteleiro, restaurante, turismo e lazer), Bem-estar XXI (a saúde dos cidadãos), Semente XXI (transformação digital e inovação no sector agroalimentar), Planeta XXI (sustentabilidade ambiental), Banca XXI (um novo modelo bancário mais próximo do cliente), Juntos XXI (iniciativas de impacto social), Deeptech XXI (aumentar a competitividade da indústria graças à transferência de ciência e tecnologia).

No caso dos “Prémios Territoriais”, os vencedores recebem um prémio monetário de 5.000 euros, enquanto os vencedores dos dos “Prémios Desafios” receberão um prémio monetário de 15.000 euros. A organização refere ainda que todos os vencedores e um finalista de cada desafio terão também acesso a um programa de formação internacional em Silicon Valley (nos Estados Unidos da América) e mentoring especializado.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fotogaleria