Camião Luís Simões

Luís Simões recebe segunda Medalha de Ouro EcoVadis consecutiva

O operador logístico Luís Simões recebeu pelo segundo ano consecutivo a Medalha de Ouro da EcoVadis, plataforma de classificação do desempenho de sustentabilidade na cadeia de fornecimento global. O prémio foi atribuído à empresa «pela sua gestão da Responsabilidade Social Corporativa (RSC) na área dos transportes» durante 2019.

Em comunicado, o operador logístico explica que, «para a avaliação, a plataforma EcoVadis analisou as políticas da Luís Simões no que toca a sustentabilidade, ética, práticas laborais e direitos humanos e compras sustentáveis», sendo que, no conjunto, «alcançou uma pontuação de 69/100, e uma classificação superior à média do sector em cada um dos aspectos analisados». Segundo a empresa, que gere uma frota de 2.100 viaturas (próprias e subcontratadas), a plataforma EcoVadis, que reporta os resultados de mais de 45.000 empresas em 150 países, «utiliza um sistema de avaliação baseado em exigentes padrões internacionais de RSC, como a Global Reporting Initiative, o Pacto Mundial das Nações Unidas ou o padrão ISO 26000.

A propósito deste prémio, a Luís Simões, que presta serviços integrados de logística em toda a Península Ibérica, refere que está a obter «grandes progressos» na vertente da sustentabilidade, tendo conseguido, durante 2019, «reduzir as suas emissões de CO2 em 1.313 toneladas, graças ao esforço coordenado das áreas de Transporte e Logística». A empresa destaca também a «aposta na utilização de camiões frigoríficos com menores níveis de emissões de gases de efeito de estufa e na incorporação de sistemas ecoDriving, que permitem reduzir o consumo de gasóleo», bem como «o investimento na renovação da frota com sistemas de segurança que promovem uma condução mais eficiente, melhorando a segurança rodoviária e a eficiência energética».

A Luís Simões assinala que foi igualmente «pioneira» na introdução de gigaliners – veículos que «aumentam a capacidade de carga útil por viagem em 33%, encurtando a distância percorrida e conseguindo, assim, maior eficiência e um menor consumo de combustível» – na Península Ibérica, tendo actualmente 10 unidades destas em circulação. O operador logístico diz que foram «estas e outras acções» que permitiram obter de novo a Medalha de Ouro da EcoVadis.

Para a empresa, «o reconhecimento é fruto do esforço conjunto das diferentes áreas para construir um modelo de distribuição que contribua para o cumprimento dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela Organização das Nações Unidas». «Acreditamos num modelo de transporte e logística que seja sustentável e respeite o meio ambiente e as pessoas. Na Luís Simões temos um compromisso de melhoria contínua para nos posicionarmos como um operador logístico responsável, apoiando-nos para isso em três pilares fundamentais: o progresso social, económico e ambiental», afirma Cláudia Simões, Coordenadora da área de Desenvolvimento Sustentável da Luís Simões.

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fotogaleria