Medidas Caixas Pagamento Mercadona

Mercadona comprou 126 M€ de produtos portugueses em 2019

Os 126 milhões de euros (M€) em produtos portugueses que a cadeia Mercadona adquiriu em 2019 representam um crescimento de 43% face aos 88 M€ que tinha comprado a fornecedores comerciais nacionais em 2018. Segundo um comunicado da empresa, 90% dos produtos adquiridos aos mais de 300 fornecedores comerciais portugueses é exportado para Espanha, onde a Mercadona possui mais de 1.600 lojas, sendo o restante escoado nas 10 lojas que tem em Portugal.

No caso da fruta – uma das categorias de produtos destacadas pela empresa, a par do peixe e do leite/produtos lácteos –, em 2019 a Mercadona adquiriu 1.160 toneladas (t) de pêra Rocha, 3.795 t de maçã Royal Gala, 2.350 t de maçã Golden – a empresas como Cooperfrutas, Frutas Cruzeiro, Patrícia Pilar, Global Fruit, Lusopera ou Frutitaipina – e 22 t de Banana da Madeira. No ano passado, o total de compras realizadas pela Mercadona em Portugal a fornecedores portugueses em 2019, entre os quais se contam fornecedores comerciais, de serviços e de transportes, o valor ultrapassa os 217 milhões de euros.

No comunicado, a empresa refere que já comprou, a fornecedores comerciais nacionais, um total de 329 M€ desde 2016, ano em anunciou a sua entrada em Portugal. «O nosso compromisso com os nossos fornecedores é estar perto deles para conhecer o seu dia a dia, contornar de forma conjunta os problemas que possam encontrar no caminho e estreitar o nosso relacionamento e a nossa confiança. Só desta forma é que conseguimos avançar para uma Cadeia Agroalimentar Sustentável: trabalhando todos de forma conjunta», indica Elena Aldana, Diretora-Geral Internacional Relações Externas da Mercadona.

A empresa afirma também que colabora com os mais de 300 fornecedores comerciais portugueses «dentro da sua política de Cadeia Agroalimentar Sustentável, respeitando os princípios da legislação europeia e portuguesa em vigor e sendo assinante do Código de Boas Práticas na Cadeia Agroalimentar». «A nossa relação com fornecedores portugueses começou antes da nossa vinda para o país e tem-se intensificado ao longo dos anos. Sempre procurámos oferecer um sortido diferenciado, com produtos de elevada qualidade e a preços competitivos aos nossos “Chefes”. E, desde que passámos a ter fornecedores especialistas em produtos e que conhecemos mais e melhor os fornecedores em Portugal, o número de fornecedores com os quais trabalhamos cresceu. Estamos muito satisfeitos com a nossa cadeia de abastecimento que, durante a actual crise de saúde, demonstrou uma capacidade de resposta excepcional perante os desafios, para que nada falte na mesa dos portugueses», diz Elena Aldana.

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *