Cartaz 24h Agricultura 2020a

Inscrições abertas para as 24H Agricultura Syngenta

Já estão abertas as inscrições para a quinta edição das “24H Agricultura Syngenta”, que será subordinada ao tema “Agricultura 4.0”. Em 2020, esta competição formativa para estudantes do ensino superior e técnico profissional na área das ciências agrárias realiza-se na Escola Superior Agrária de Santarém, nos dias 4 e 5 de Abril.

O tema da edição de 2020 resulta do «potencial das tecnologias digitais na modernização da agricultura». Assim, os participantes vão ser submetidos, «entre outras, a provas para compreender e aprofundar conhecimentos sobre a Agricultura 4.0, a revolução tecnológica em curso que ajudará os agricultores responder ao enorme desafio de produzir mais alimentos, usando menos recursos».

Esta iniciativa «para competir e aprender» é organizada com a orientação científica e pedagógica da Associação Portuguesa de Horticultura (APH), em parceria com a IAAS Portugal – Associação Internacional de Estudantes de Agricultura e Ciências Relacionadas e com a Sfori, empresa de formação experiencial. A organização conta que participem nesta quinta edição cerca de 150 estudantes de Portugal, Espanha, Holanda e Alemanha.

Recorde-se que as “24H Agricultura Syngenta” decorrem de forma ininterrupta durante 24 horas e comportam cerca de 30 provas teóricas e práticas, através das quais os estudantes «testam conhecimentos e desenvolvem competências que os ajudam na transição para a vida profissional». Cada equipa concorrente deve ser composta por três a cinco estudantes da mesma escola ou de escolas diferentes.

Cartaz 24h Agricultura 2020x

A primeira edição desta competição teve lugar em 2016, realiza-se todos os anos num local diferente do País e já envolveu 600 alunos e 15 instituições de ensino superior e profissional de Portugal e de Espanha. As “24H Agricultura Syngenta” têm o «patrocínio» da Syngenta e da John Deere e o «apoio institucional» da Cotesi, da Galucho, da Hubel Verde, da Lipor/Nutrimais, da Magos Irrigation Systems, da Pulverizadores Rocha e da TecnifertiBio, sendo que todas estas empresas «têm uma participação activa na construção e realização do evento».

José Alberto Pereira, presidente da APH, explica que as “24H Agricultura Syngenta”, «pelo seu cariz inovador, estão a atrair estudantes de outros países europeus», e que, no evento, «os alunos adquirem competências não formais (pensamento crítico, cooperação, criatividade, comunicação, gestão de tempo), essenciais ao seu desempenho como futuros profissionais, e que vão para além do conhecimento técnico-científico proporcionado pela Academia». Margarida Oliveira, vice-presidente da Escola Superior Agrária de Santarém, reforça a ideia: «A disputa desta competição em contexto profissional permitirá aos futuros agrónomos vivenciarem momentos extraordinários de partilha de conhecimentos e competências para superarem os desafios que lhes serão colocados, estimulando a sua criatividade e o espírito empreendedor». Segundo Felisbela Torres de Campos, Head of Regulatory & Business Sustainability da Syngenta em Portugal, esta competição «faz parte da implementação do plano estratégico de agricultura sustentável da Syngenta – The Good Growth Plan –, que visa contribuir para a produção de mais alimentos com menos inputs, respeitando o ambiente e as pessoas».

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *