????????????????????????????????????

Ministra traça novo modelo de desenvolvimento para a agricultura

Maria do Céu Albuquerque é a nova ministra da Agricultura, sucedendo a Luís Capoulas Santos, e já tornou públicas as ideias-chave que pretende implementar no sector. A governante visitou no dia 9 de Novembro a Feira da Golegã e na ocasião começou por salientar a importância da agricultura «para o desenvolvimento económico e social do País», o seu peso na actividade económica e o «conjunto muito alargado de postos de trabalho» que assegura, definindo como «grande desafio» para o sector a preparação para as alterações climáticas e a definição de «um novo modelo, um novo paradigma de desenvolvimento», que respeite em primeiro lugar os recursos.

Para a ministra, a criação de um «novo modelo de desenvolvimento, tendo por base a sustentabilidade» ambiental, económica e social «entronca com um conjunto de outras medidas», como a digitalização da economia também na agricultura, disse, citada pela Lusa. A «incorporação do conhecimento, a inovação e a tecnologia» são, segundo a ministra, outras medidas que ajudarão a uma melhor eficiência na gestão dos recursos e na produção.
Salientando a importância da criação de «novos produtos, produtos diferentes», que permitam não só manter as exportações e os mercados que já existem, mas também atingir novos mercados, frisou que um dos problemas que se vai colocar à Humanidade tem a ver com a alimentação. «O desafio da agricultura é garantir a alimentação para todos e para todas, tendo por base um novo modelo alicerçado pela sustentabilidade.»

Assim, no âmbito das negociações da Política Agrícola Comum (PAC) para o período 2021-2027, é seu objectivo «trazer para Portugal todo o esforço de fundos comunitários» para a agricultura e o desenvolvimento rural, os dois pilares da PAC, visando alcançar «uma das metas desta legislatura, nomeadamente, em relação às questões demográficas, ao combate às alterações climáticas e também à digitalização da economia e ao combate das desigualdades».

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *