Maria - Maçã Produção Caixa de Cartão_Rótulo

Grupo Luís Vicente vendeu este ano 15 mil toneladas de fruta nacional

O Grupo Luís Vicente, uma das maiores empresas nacionais de comercialização de frutas, anunciou a produção e comercialização de 15 mil toneladas de fruta nacional em 2019, uma origem que representa 35% do total de facturação do Grupo, que em 2018 foi de 75 milhões de euros.

A fruta portuguesa tem um peso cada vez mais significativo no negócio total da empresa e para 2019, o Grupo Luís Vicente prevê um crescimento de 30% na produção nacional, alavancado na nova marca Maria.

A marca Maria foi criada especialmente para se diferenciar da concorrência a nível nacional, e reforçar a presença nos mercados de exportação mais maduros como o Brasil, Angola, Cabo Verde, Espanha, França, Reino Unido, Canadá e Alemanha. Com esta aposta, o Grupo pretende ainda reforçar presença nos mercados mais recentes, como Colômbia e México e chegar a novas geografias. O mercado de exportação é responsável por cerca de 70% do volume de negócios da fruta nacional.

Miguel Barbosa, director-geral da Luís Vicente, acredita: «O sucesso do Grupo Luís Vicente reside na paixão e respeito que temos pela fruta. No Grupo, já existiam marcas específicas para outras origens, mas não existia nenhuma que identificasse a origem nacional. Por esse motivo, sentimos necessidade de criar uma marca de referência para a produção nacional, que está a ser muito bem-recebida no mercado porque se é Maria é Made in Portugal, e é sinónimo de confiança e qualidade.»

Com mais de meio século de experiência, o Grupo Luís Vicente é responsável pela produção e comercialização de mais de 70 mil toneladas de frutas e legumes em todo o Mundo, num total de 20 variedades.

Em Portugal, a produção está maioritariamente concentrada na região do Oeste e na herdade de Ferreira do Alentejo, num total de 670 ha de produção. Para controlar a cadeia de valor e garantir maior capacidade de conservação, o Grupo detém actualmente duas centrais fruteiras na zona Oeste dedicadas exclusivamente à produção nacional. A mais recente foi adquirida em 2018, e está localizada na Abrunheira. Neste momento o Grupo tem capacidade para trabalhar e conservar mais de 14.000 toneladas.

Recorde-se que a marca Maria foi apresentada em Berlim, na Fruit Logistica, em Fevereiro de 2019, e foi criada com o propósito de reforçar o posicionamento do Grupo Luís Vicente enquanto empresa de referência da produção nacional. O mercado de exportação continua a ser estratégico na expansão da nova marca, pelo que este mês, a marca Maria foi o destaque no stand do Grupo, na Fruit Attraction, realizada em Madrid de 22 a 24 de Outubro.

A marca Maria agrega todas as frutas produzidas em território nacional, como a pêra Rocha, a maçã Gala, a maçã Fuji, a nectarina, o pêssego, a ameixa, o marmelo e o dióspiro.

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *