terra-alentejo

Vai ser criado o Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal

“Alterações climáticas: Que desafios para o sector agroflorestal nacional?” é o tema de um colóquio que se vai realizar a 11 de Setembro, pelas 10h30, em Elvas, na Estação Nacional de Melhoramento de Plantas, do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (Iniav). Durante o evento, terá lugar a assinatura do protocolo de constituição e funcionamento do Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal (Cncacsa).

Este Centro de Competências para as Alterações Climáticas – que constituem «um dos maiores desafios do sector agroflorestal nacional» – envolve cerca de 53 entidades representativas de todo o sector agroflorestal nacional. A sua criação resultou de uma iniciativa da Associação Nacional dos Produtores de Milho e Sorgo (Anpromis), da Associação Nacional de Produtores de Cereais (Anpoc), da Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense (Advid), da Federação Nacional de Regantes de Portugal (Fenareg), da Federação Nacional das Organizações de Produtores de Frutas e Hortícolas (FNOP) e da União da Floresta Mediterrânica (UNAC).

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias. Pode consultar aqui o programa do colóquio “Alterações climáticas: Que desafios para o sector agroflorestal nacional?”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *