Certified soil-biodegradable ecovio® M 2351 for mulch films used in growing tomatoes

Tomate: BASF lança plástico biodegradável que promete melhorar produção

Muitos agricultores por todo o Mundo usam filmes de polietileno acolchoado (PE) para aumentar o desempenho do tomate de indústria, pois estes permitem o controle de plantas daninhas, temperatura do solo e consumo de água. Os filmes acolchoados em PE devem ser removidos do solo após a colheita. No entanto, muitas vezes é impossível removê-los completamente e, não sendo biodegradáveis, as partículas restantes acumulam-se no solo.

Para melhorar esta área, a BASF criou o ecovio M 2351, um plástico biodegradável para filmes acolchoados elaborados com adipato-tereftalato de polibutileno ecoflex® (PBAT) e outros polímeros biodegradáveis obtidos a partir de matérias-primas renováveis. Assim, as folhas deste plástico podem ser incorporados no campo junto com os restos da colheita, uma vez que os microrganismos reconhecem-no como alimento que pode ser metabolizado.

Certified soil-biodegradable ecovio® M 2351 for mulch films used in growing tomatoes

Além disso, acrescenta a BASF, «as folhas feitas com ecovio podem aumentar o rendimento da colheita entre 15 e 50%, diminuir o consumo de água e melhorar o controle de ervas daninhas, reduzindo assim o uso de herbicidas. Os agricultores também observaram que fornece maior resistência ao cultivo contra pragas e doenças, melhora a qualidade da produção, que fica mais homogénea e com Brix mais alto. «Ou seja, é possível ter uma agricultura sustentável com uma produção eficiente, com maior rendimento e alta qualidade».

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *