I&D

Mostra de projectos de I&D inovadores em Coimbra

Decorre a 11 de Abril, no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra (Iscac), do Politécnico de Coimbra (IPC), a primeira edição da IPC2Society, uma mostra de projectos de investigação e desenvolvimento. Os 50 projectos que vão ser apresentados foram desenvolvidos no Instituto de Investigação Aplicada do Politécnico de Coimbra (i2a – IPC).

Estes projectos incidem sobre diversos sectores da economia, incluindo ciências agrárias, ambiente e saúde, entre outras. A IPC2Society realiza-se no âmbito de dois projectos em curso no IPC – Lab2Factory e Inovc –, ambos cofinanciados pelo Feder, através do Programa Operacional Centro 2020.

O projecto Lab2Factory é orçado em quase 214.000 euros e visa, «no âmbito do domínio de especialização inteligente (RIS3) da região Centro, transferir conhecimento e tecnologias desenvolvidas ao nível do IPC para a fileira agroalimentar e florestal». Segundo a organização da IPC2Society, «as tecnologias desenvolvidas procuram responder a problemas e desafios concretos da esfera empresarial, relacionados com a aplicação de soluções industriais sustentáveis e com a valorização dos recursos naturais e endógenos».

Carlos Dias Pereira, Diretor do i2a, explica que a IPC2Society foi criada «com o objectivo de contribuir para uma maior visibilidade dos projectos dos nossos investigadores, e fomentar a criação de parcerias sólidas com os diferentes agentes regionais, nomeadamente PME, tendo em vista a obtenção de soluções inovadoras e o desenvolvimento sustentável». Cândida Malça, vice-presidente do IPC, acrescenta que, «sendo uma estrutura transversal a todo o IPC, o i2a assegura o enquadramento institucional às actividades de IDT&I de cerca de 620 investigadores, 250 dos quais doutorados, que desenvolvem trabalho nas mais variadas áreas do saber técnico-científico».

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *