Fotografia de Ana Oliveira(2)

Silves recebeu a 3.ª Mostra da Laranja

Agricultura, gastronomia, artesanato e animação. Estes foram os ingredientes da 3.ª Mostra Silves Capital da Laranja, que decorreu nos dias 15, 16 e 17 de Fevereiro, na Fissul, em Silves.

Com entrada gratuita, o evento, promovido pela Câmara Municipal de Silves, contou com a presença de várias dezenas de expositores ligados à citricultura, vinhos, agricultura, produtos regionais, doçaria, artesanato e gastronomia, bem com algumas associações e entidades locais e regionais.

Houve ainda espaço para a realização de um ciclo de conferências, onde especialistas nacionais e estrangeiros analisaram e debateram o presente e o futuro da fileira dos citrinos.

Uma das apresentações foi feita pela recém-criada AlgarOrange, a associação que congrega operadores de citrinos do Algarve.

Fotografia de Ana Oliveira(3)

Os cocktails também regressaram ao eventio, com a realização do “Festival de Barmen Silves Capital da Laranja”. Destaque, ainda, para a conhecida e habitual marcha dos Namorados, actividade desportiva que integra o calendário de marcha-corrida do Algarve e que fez parte do programa do evento.
Esta iniciativa da Câmara contou com a parceria da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, Universidade do Algarve, Região de Turismo do Algarve, Agrupamento de Escolas de Silves e Agrupamento de Escolas Silves-Sul.

A propósito deste evento, falámos com Rosa Palma, presidente da Câmara Municipal de Silves. «É um evento de extrema importância. O principal objectivo é promover o nosso território com algo emblemático, neste caso a nossa laranja. Não é a toa que o concelho de Silves é o maior produtor de citrinos, representando 60% da produção nacional. Por isso, quisemos evidenciar a nossa região com aquilo que nos identifica. Ao promovermos esta mostra, que já vai na terceira edição, pretendemos dar a conhecer às pessoas não só a própria laranja, mas também outros produtos associados, tudo num ambiente mais informal, com música, a produção representada, bem como outros parceiros e com a realização de conferências sobre algumas problemáticas associadas à fileira. Enfim, trata-se de um conjunto de ofertas para várias gerações, num ambiente de convívio e familiar, e que põe a laranja no centro das atenções».

Notícias relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *