premiosintermarche2016

Projecto de romã vence Prémio Intermarché

Três amigos e agricultores juntaram-se para comercializar a romã que produzem em terras alentejanas. O projecto POM-Portugal nasceu em Abril de 2016 e venceu, na categoria “Fruta e Preparados de Fruta”, o Prémio Intermarché Produção Nacional.

Este projecto «nasce da nossa necessidade de nos agregarmos e juntarmos esforços na comercialização», explicou António Almodôvar, um dos três sócios do projecto. Esperam colher este ano 150 toneladas de romã que vão distribuir no mercado nacional através da grande distribuição.

Daniel Montes, outro sócio do POM-Portugal, acrescentou que «uma parte da produção poderá ainda ir para exportação e outra parte para transformação, para a indústria de sumos».

O prémio do Intermarché permite o escoamento dos produtos vencedores na rede nacional de lojas, e não só. Poderá também existir comercialização nas lojas de outros países, como França, Bélgica e Polónia.

António Almodôvar sublinhou que o galardão «ajuda a ter relações privilegiadas com o Intermarché».

Os jovens agricultores têm uma variedade mais precoces que pretendem colher no início de Setembro e outra mais tardia para apanhar a meio de Outubro. «Esta fruta pode ser conservada e assim fornecemos o mercado até ao fim de Fevereiro. o objectivo é podermos estar seis meses no mercado», afiançou Daniel Montes.

A 3.ª edição do Prémio Intermarché Produção Nacional distinguiu seis projectos em seis categorias diferentes:

Carnes e Preparados de Carne

Vivid Foods, Lda

Produtos da Pesca e Preparados de Pesca

Receituarium, Lda

Fruta e Preparados de Fruta

POM-Portugal, Lda

Produtos Processados – Vinho

Hubertus J. Lenders (Bonjardim)

Produtos Processados – Queijo

Adolfo Ângelo Cândido Henriques (Granja dos Moinhos)

Produtos Processados – Enchidos

Quinta dos Fumeiros (presunto de Peru)

O júri atribuiu ainda duas menções honrosas «pela qualidade dos projetcos apresentados». Uma distinguiu a Quinta dos Fumeiros com o Cachaço de Porco e a outra foi entregue à Coresa – Conserveiros Reunidos, SA.

«Esta 3.ª edição do Prémio Intermarché Produção Nacional confirma as nossas expectativas e torna os nossos objectivos mais ambiciosos», afirmou Vasco Simões, administrador do Intermarché.

«Queremos continuar a estar com todos os produtores, que acreditam no sector primário como um dos motores do desenvolvimento económico nacional.

Queremos continuar a contribuir para que eles se tornem mais eficientes, mais rentáveis e mais competitivos. O seu crescimento será o nosso crescimento e com isso garantimos uma maior e melhor satisfação dos nossos clientes», acrescentou ainda Vasco Simões no discurso de encerramento.

A cerimónia de entrega dos prémios aconteceu a 28 de Setembro no Instituto Superior de Agronomia, em Lisboa.

 

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *