china_comercio_online

China lidera o mundo das vendas on-line

China lidera o ranking dos países que mais vendem produtos de mercearia on-line. De acordo com a empresas de estudos de mercado IGD, aquele país do Oriente poderá quadruplicar o valor de vendas através da Internet nos próximos cinco anos, distanciando-se de países como o Reino Unido e os Estados Unidos da América (EUA).

As vendas on-line na China atingiram, já este ano, os 38 mil milhões de euros, no Reino Unido foram de 14 mil milhões, no Japão de 11 mil milhões de euros e nos EUA chegaram aos seis mil milhões de euros. Segundo a IGD, em 2020, as vendas on-line na China deverão chegar aos 163 mil milhões de euros, enquanto o Reino Unido deverá ficar pelos 26 mil milhões de euros, o Japão pelos 20 mil milhões e os EUA pelos 18 mil milhões de euros.

As razões para o crescimento do mercado on-line na China são variáveis. Entre elas está o cada vez maior número de pessoas com acesso à Internet em computadores e smartphones, e a existência de grandes lojas apenas on-line, ou seja, nasceram no mundo virtual e nunca tiveram um espaço físico.

Depois da China, o Reino Unido é o país com  mais vendas em plataformas digitais, com 27% dos consumidores a confessarem comprar on-line pelo menos uma vez por mês e 11% dizem que este é o principal meio de compras.

Nos Estados Unidos da América, grandes cadeias de supermercados, como a Walmart, estão a investir mais na loja on-line, onde espera que as vendas representem 6% da receita em 2017.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *