paladim

Paladin lança ketchup “à portuguesa”

A marca, integrada no grupo Mendes Gonçalves, lançou, a 30 de Abril, o novo ketchup “à portuguesa”. O produto, feito na Golegã, conta com tomate proveniente das regiões do Ribatejo e Alentejo.

«Um sabor muito nosso». Foi assim que Assunção Cristas, ministra da Agricultura e do Mar, presente no evento de lançamento, caracterizou o novo produto. A ministra não poupou elogios à inovação e criatividade inerente à Paladin. Para si, um exemplo de como a crise também incentivou a inovação.

Em conversa com os jornalistas Carlos Mendes Gonçalves, administrador da Mendes Gonçalves, explicou que a empresa procura «ir buscar aquilo que se faz de excelência na agricultura e transformar em vinagres, ketchups, maioneses e molhos para saladas». Para tal, recorre à «inovação, produtos nacionais e portugueses a trabalhar nas suas fábricas», salientou.

A Paladin dedica 5% da sua facturação à inovação e tem 11 pessoas permanentemente focadas nessa área. No futuro, a marca conta investir ainda mais no sector da investigação e desenvolvimento, garantiu o administrador do grupo.

Em 2014, a marca cresceu 100%. A exportação (ou internacionalização, como Carlos Mendes Gonçalves prefere chamar-lhe) representa 25% do volume de negócios da Paladin. Esse número deverá crescer para os 30% até ao final do ano, altura em que a empresa conta entrar em mercados como a Arábia Saudita, Jordânia, Índia e Kuwait




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fotogaleria