IMG_6823

Xylella Fastidiosa detectada em França

A bactéria Xylella Fastidiosa, que já infectou milhões de árvores no sul de Itália, foi identificada numa planta de café interceptada no mercado de Rungis, a 16 quilómetros de Paris. A detecção aconteceu durante uma inspecção levada a cabo no âmbito do plano de contenção decretado pelo governo francês.

A planta viajou da América Central e entrou na União Europeia pela Holanda – a bactéria que dizima as árvores italianas desde 2013 completou o mesmo itinerário. Uma investigação já está em curso para apurar a origem concreta destas plantas de café.

Há suspeitas de que a bactéria esteja também presente em plantas envasadas de oliveira, importadas de Itália. O desenvolvimento muito lento e anormal das plantas alertaram o produtor, que chamou as autoridades fitossanitárias que recolheram material para análise. Como medida preventiva, o olivicultor cobriu as plantas com uma rede para evitar propagação quanto aguarda os resultados das análises laboratoriais.

A situação é tensa e de grande preocupação junto dos olivicultores franceses, uma vez que a situação em Itália continua a piorar, com mais de 10% das árvores infectadas na região de Pouilles

O incidente aconteceu dias depois da proibição da importação de mais de cem espécies de plantas provenientes do sul de Itália. O Ministério da Agricultura francês está a ponderar a inserção de outras espécies na sua lista.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



























Newsletter

* campo obrigatório
Ao clicar em "Subscrever" está a concordar que Leu e Aceitou a nossa Política de Privacidade



Fotogaleria