Xylella fastidiosa Puglia olival1

Europa aprova medidas de combate à Xylella fastidiosa

O Comité Permanente de Plantas, Animais, Alimentos e Rações  da União Europeia aprovou as medidas propostas pela Comissão para evitar a introdução e propagação na Europa da bactéria Xylella fastidiosa.

As medidas prevêm que os Estados-membros notifiquem novos surtos, logo que detectados, para dar lugar a investigações oficiais com o objectivo de delimitar rapidamente as áreas infectadas. Nas áreas onde se detecte a bactéria ficam estabelecidas medidas estreitas de erradicação da Xylella, tais como destruição das plantas infectadas e de todas as plantas hospedeiras num raio de 100 metros, independentemente do estado sanitário que a planta apresente no momento.

A Xylella fastidiosa foi detectada pela primeira vez na UE em Outubro de 2013. A falta de tratamento eficaz para tratar as plantas infectadas, uma ampla gama de plantas susceptíveis de serem infectadas, assim como a alta probabilidade de propagação conduziu a UE a considerar esta bactéria uma ameaça muito grave para o sector agrícola europeu.

Pode também interessar-lhe:

Xylella Fastidiosa detectada em França

Xylella fastidiosa pode chegar a Portugal

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



























Newsletter

* campo obrigatório
Ao clicar em "Subscrever" está a concordar que Leu e Aceitou a nossa Política de Privacidade



Fotogaleria