IMG_7455

Prémios Hortofrutícolas COTHN 2014 na III Gala Viva Frutas e Legumes

O Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha acolheu a 14 de Novembro a III Gala Viva Frutas e Legumes, organizada pelo Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional (COTHN). O evento reuniu cerca de 350 representantes da fileira hortofrutícola nacional e contou com a presença de Nuno Vieira e Brito, secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agro-alimentar.

Na Gala foram entregues os Prémios Hortofrutícolas COTHN 2014, que visam «promover, distinguir e reconhecer publicamente entidades, pessoas, iniciativas e projectos da fileira hortofrutícola que apostem na inovação e na colaboração como vectores de crescimento». Promovidos pelo COTHN no âmbito do projecto HortINOV 2020, estavam organizados em cinco categorias. Os vencedores ofereceram os prémios, no valor unitário de 900 euros, a diferentes instituições particulares de solidariedade social.

O projecto Folhas de Fruta recebeu o prémio Produto Inovação. Este projecto incide sobre uma solução de apresentação e consumo de fruta, que lhe acrescenta valor e promove o seu consumo. Esta solução incentiva o consumo de fruta no dia-a-dia sobre a forma de snack e tem um grande potencial em mercados como os da alta cozinha, pastelaria ou gourmet, onde a folha pode ser trabalhada e transformada.

Na categoria Cooperação Internacional o prémio foi atribuído ao SteamRadSter, projecto relativo a técnicas alternativas e inovadoras de conservação e desinfestação de especiarias e plantas aromáticas que vão passar pela radiação ou o vapor, entre outras, com vista a garantir a conservação e a circulação das plantas aromáticas com qualidade e segurança alimentar. Este projecto surge no âmbito do programa europeu Eureka é liderado pelo Instituto Politécnico de Bragança e integra universidades e empresas de Espanha, Alemanha, Sérvia e Roménia.

O vencedor da categoria Inovação Organizacional foi a Frutalmente, organização de produtores de uva de mesa nacional reconhecida em Dezembro de 2013 pelo Ministério da Agricultura e actualmente com oito produtores.

O prémio Desenvolvimento Sustentável foi entregue ao projecto By Drop, promovido pela organização de produtores Torriba com o apoio da empresa Hidrosoph. O projecto visa garantir mais eficiência e competitividade para os associados da Torriba, envolvendo uma redução significativa de consumos de água, adubos, fitofármacos e energia. Este projecto está a ser desenvolvido em sete zonas principais, abrangendo aproximadamente 60 produtores, num total de 2.800 hectares.

A empresa Easy Fruits and Salads, que resulta da primeira instalação de três jovens agricultores dos Açores, arrecadou o prémio Inovação Jovem Empreendedor. Esta empresa produz, processa e comercializa hortofrutícolas, com especialização no segmento de IV Gama. Os produtos desta marca são comercializados em cinco das nove ilhas do arquipélago dos Açores.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fotogaleria