berries

Sessão de esclarecimento sobre GlobalGAP em Sever do Vouga

No próximo dia 20 de Janeiro vai realizar-se em Sever do Vouga uma acção de esclarecimento teórico-prática sobre a implementação e certificação GlobalGAP. Esta acção é promovida pela AGIM – Associação para os Pequenos Frutos e Inovação Empresarial, em colaboração com a cooperativa Bagas de Portugal.

A primeira parte do evento, de âmbito teórico, vai ter lugar no auditório do Edifício Vougapark, em Paradela do Vouga (Sever do Vouga). Cristina Mota, técnica da AGIM, vai abordar os requisitos e procedimentos para aderir ao sistema GlobalGAP e os passos a ter em conta para uma correcta implementação. Por sua vez, Paulo Lúcio, presidente da Bagas de Portugal, vai focar-se nos «benefícios que os produtores têm em obter esta certificação, nomeadamente na altura de escoar os seus produtos para os mercados internacionais». A parte prática do evento consiste na visita a uma plantação onde o GlobalGAP está implementado e certificado, para que se possa «observar no local os pressupostos inerentes a esta certificação» e tirar dúvidas.

Segundo a AGIM, «a certificação GlobalGAP funciona como um manual de boas práticas agrícolas, onde estão explicadas todas as práticas que devem ser seguidas pelos produtores e comercializadores em áreas tão diversas como: gestão da exploração; saúde, segurança e bem-estar dos trabalhadores; gestão de resíduos e poluentes, ambiente e conservação; gestão de reclamações; rastreabilidade e segregação; segurança e higiene alimentar». A associação aponta ainda «várias» vantagens desta certificação: «o reconhecimento internacional da certificação dos produtos do agricultor; a garantia de escoamento dos produtos para os mercados mais exigentes; a garantia de qualidade e segurança dos produtos; a melhoria da organização interna da exploração do produtor».

A participação nesta acção é gratuita, mas está sujeita a inscrição.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *