McDonald's

McDonald’s quer comprar mais hortícolas aos produtores portugueses

Tomate, cebola e alface iceberg são os hortícolas que a McDonald’s Portugal quer comprar aos produtores nacionais.  A cadeia de restauração já tem alguns fornecedores portugueses para estes produtos mas quer reduzir ainda mais as importações. Actualmente, cerca de 42% dos alimentos utilizados pela marca em Portugal são comprados a fornecedores nacionais.

Durante uma sessão de apresentação do Guia Prático do Empreendedor Agrícola, na Escola Superior Agrária de Santarém, André Santos, gestor de qualidade da McDonald’s, explicou que, para fornecer a cadeia de restauração, os produtores devem ter um determinado perfil: ser certificados em Global GAP, McDonald’s Agriculture Assurance Programme e Food Safety Standard; não utilizar organismos geneticamente modificados; cumprir a legislação comunitária  e local; não utilizar Bisfenol A; utilizar óleo de palma de fonte sustentável e proveniente de fornecedores da McDonald’s; não recorrer à nanotecnologia na preparação dos produtos.

Quando questionado sobre a necessidade de batata nacional, André Santos explicou que a marca utiliza duas variedades (a Russet Burbank e a Shepody) importadas de França e «de difícil produção em Portugal». No que diz respeito às sopas, «existe capacidade» para comprar mais a fornecedores nacionais.

A Campotec, organização de produtores que fornece a McDonald’s desde 2004, foi convidada a falar da sua experiência. Délio Raimundo, do departamento de Desenvolvimento e Inovação da Campotec, contou que, em 2016, a OP vendeu 1,5 M€ à McDonald’s. O tomate e a maçã fatiados são os produtos mais vendidos pela empresa de Torres Vedras à cadeia de restaurantes estadunidense.

Délio Raimundo explicou que o Oeste «não é suficiente em termos temporais» para satisfazer as necessidades da McDonald’s. Entre Janeiro e Abril, a região não tem tomate para consumo em fresco «e é aí que temos de ir buscá-lo ao Sul de Espanha».

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *